Dia do Folclore

Márcia Fernandes
Escrito por Márcia Fernandes
Professora licenciada em Letras
Atualizado em

O Dia do Folclore Brasileiro é comemorado em 22 de agosto. A data foi criada com o intuito de alertar para a importância e valorização das manifestações folclóricas no país.

O dia 22 de agosto se refere à primeira vez em que a palavra folclore foi utilizada para fazer referência aos costumes de um povo. Isso aconteceu em 1846, quando o folclorista britânico William John Thoms (1803-1885) uniu as palavras folk, que significa "povo", e lore, que significa "conhecimento".

A data foi instituída no Brasil em 1965 através do Decreto nº 56.747, de 17 de agosto de 1965.

Dia do Folclore

Atividades para o Dia do Folclore

Muitas atividades são realizadas no Dia do Folclore, sobretudo na educação infantil. Confira abaixo algumas ideias que podem ser realizadas nessa data:

  • Contar lendas;
  • Cantar músicas folclóricas;
  • Apresentar danças folclóricas;
  • Desenhar e pintar personagens do folclore;
  • Produzir painéis e murais alusivos à comemoração;
  • Apresentar peças teatrais alusivas ao folclore;
  • Recitar provérbios e ditados populares.

Para ajudar nas atividades, leia também:

Quiz do Folclore

Folclore brasileiro

Folclore é o conjunto de conhecimentos de um povo, tais como os costumes, crenças, parlendas, contos, mitos, lendas, adivinhas, músicas, danças e festas populares de uma cultura e região. O folclore brasileiro é fruto da união das culturas indígena, africana e europeia.

No Brasil, os principais folcloristas e estudiosos sobre o tema são Renato Almeida (1895-1981), Mário de Andrade, (1893-1945) e Luís da Câmara Cascudo (1898-1986).

Foram esses folcloristas que, no século XX, ampliaram o conceito de folclore e de cultura popular no Brasil. Eles deram ênfase às áreas da etnografia, etnologia e antropologia cultural, em detrimento da visão europeia.

Em 1951, um documento chamado de Carta do Folclore Brasileiro foi aprovado no I Congresso Brasileiro de Folclore, realizado no Rio de Janeiro, em agosto desse ano.

Dentre outras coisas, a Carta do Folclore assinalava o "fato folclórico", conceito elaborado pelos folcloristas da época:

"Constitui o fato folclórico a maneira de pensar, sentir e agir de um povo, preservada pela tradição popular e pela imitação, e que não seja diretamente influenciada pelos círculos eruditos e instituições que se dedicam, ou à renovação e conservação do patrimônio científico humano, ou à fixação de uma orientação religiosa e filosófica”.

Em 1995, no VIII Congresso Brasileiro do Folclore, realizado na cidade de Salvador, estudiosos sobre o tema reformulavam o conceito de folclore:

O folclore é o conjunto de criações culturais de uma comunidade, baseado nas suas tradições expressas individual ou coletivamente, representativo de sua identidade social. Constituem-se fatores de identificação da manifestação folclórica: aceitação coletiva, tradicionalidade, dinamicidade, funcionalidade.”

Leia também: O que é folclore

Márcia Fernandes
Escrito por Márcia Fernandes
Professora, pesquisadora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos.