Frevo

Laura Aidar

O frevo é uma dança folclórica típica do carnaval de rua do Brasil.

É uma das principais danças tradicionais brasileiras e uma das manifestações culturais mais conhecidas na região nordeste do país. Merece destaque no carnaval pernambucano, sobretudo, nas cidades de Olinda e Recife.

Essa dança popular foi reconhecida como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em 2007.

Em 2012, o frevo foi incluído na Lista Representativa do Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas (Unesco).

Dança frevo

Origem e História do Frevo

O frevo tem origem no século XIX na cidade de Recife, em Pernambuco. Foi decorrência da rivalidade entre as bandas militares e os escravos que tinham se tornado livres.

A palavra frevo surge como uma corruptela do verbo ferver (“frever”), isso porque o frevo é uma dança frenética, de ritmo muito acelerado.

Frevo em 1947
O povo dançando frevo em Recife (PE) em 1947. Fotografias de Pierre Verger

O contexto histórico em que essa expressão cultural despontou era igualmente frenético em termos políticos e sociais. Vivia-se o pós-abolicionismo, enquanto surgia uma nova classe operária.

Por possuir um grande valor cultural, dia 09 de fevereiro é comemorado o Dia do Frevo.

Características do Frevo

  • presença de música e dança;
  • música tocada por instrumentos de sopro;
  • ritmo acelerado;
  • movimentos acrobáticos;
  • inserção de elementos de outras danças folclóricas;
  • inserção de elementos da capoeira;
  • figurinos coloridos e o utilização de pequenas sombrinhas.

frevo de pernambuco

O frevo caracteriza-se por ser uma marchinha acelerada ao som de uma banda que segue o estilo dos blocos de carnaval. Ele incorpora elementos de outras danças, tais como maxixe, polca e, inclusive, a capoeira.

A orquestra do frevo recebe o nome de Fanfarra. A música executada no decorrer da dança, por sua vez, também é chamada de frevo.

Não há apenas um tipo de frevo. O mais comum não é cantado, mas apenas executado por instrumentos de sopro e de percussão.

Os instrumentos musicais mais utilizados são o trombone, o trompete, o saxofone e a tuba.

Uma das características mais marcantes é a utilização de sombrinhas coloridas, objeto que assume um papel importante na dança.

Elas auxiliam na coreografia ajudando os dançarinos a obter equilíbrio ao executar passos acrobáticos. Além disso, trazem um colorido especial à dança.

Os passistas, como são chamados os dançarinos do frevo, usam roupas bastante coloridas também.

Tipos de Frevo

São três os tipos de frevo, sendo que o mais tradicional é o frevo de rua.

  • Frevo de rua: não é cantado, mas executado ao ritmo dos instrumentos musicais. É o frevo da dança.
  • Frevo-canção: esse é o frevo orquestrado, o qual apresenta um ritmo mais lento.
  • Frevo de bloco: é cantado, assemelhando-se a uma marchinha de carnaval.

Paço do Frevo

paço do frevo

Em 2014 foi inaugurado o Paço do Frevo, no Recife.

Trata-se de um local que reúne a história dessa expressão cultural, bem como oferece formação referente ao frevo.

O objetivo é valorizar e divulgar a arte que compreende as áreas da dança e da música que faz parte do folclore brasileiro.

Não pare por aqui, conheça também outras manifestações folclóricas:

Quiz do Folclore

Laura Aidar
Laura Aidar
Licenciada em Educação Artística pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2007. Formada em Fotografia pela Escola Panamericana de Arte e Design de São Paulo (2010).