Carimbó: tudo sobre a dança típica do Pará

Márcia Fernandes

O carimbó é uma dança de roda típica do nordeste do Pará, estado da Região Norte do Brasil, popular entre os nortistas e nordestinos.

Também chamado de Pau e Corda, Samba de roda do Marajó e Baião típico de Marajó, o carimbó é marcado por movimentos giratórios.

Origem do carimbó

A palavra "carimbó" é de origem indígena. Do tupi korimbó (pau que produz som) resulta da junção dos elementos curi, que significa “pau”, e mbó, que significa “furado”.

O nome faz referência ao curimbó, principal instrumento musical utilizado nessa manifestação folclórica. O curimbó é uma espécie de tambor tocado com as mãos, feito com um tronco escavado de forma manual, de forma a ficar oco.

O carimbó do Pará foi trazido ao Brasil pelos escravos africanos. Posteriormente, foram incorporadas influências indígenas e europeias, especialmente ibéricas.

O costume da dança surgiu com o hábito dos agricultores e dos pescadores que, ao fim dos trabalhos diários, dançavam ao ritmo do tambor.

carimbó dança
Imagem de dançarinos em posição para executar a dança do carimbó

Tipos de carimbó

Os tipos de carimbó surgem em decorrência da ocupação profissional desenvolvida pelos participantes, as quais podem variar conforme a localização no estado.

São essas atividades que dão origem à letra das músicas cantadas no carimbó, pois nelas constam histórias do cotidiano.

Tendo em conta a dimensão do Pará, surgem, pelo menos, os seguintes tipos: carimbó praieiro, carimbó pastoril e carimbó rural.

Instrumentos do carimbó

Para tocar a música do carimbó são utilizados dois curimbós, tambores indispensáveis na execução do carimbó do Pará.

curimbó
Os percursionistas geralmente se sentam sobre o curimbó para tocá-lo

Além do curimbó, mais alguns instrumentos como afoxé, banjo, flauta, ganzá, maracá, pandeiro e reco-reco também são utilizados.

Roupas do carimbó

As vestimentas utilizadas são das características do carimbó que mais se destacam. As saias das mulheres são muito coloridas, bastante volumosas e rodadas, para garantir um efeito mais bonito ao movimento da dança.

As blusas geralmente são de uma cor só e, nos pés, não usam nenhum calçado. Além disso, as mulheres utilizam adornos no pescoço e nos pulsos, e enfeitam os cabelos com flores.

A roupa dos homens, por sua vez, é simples e lembra a veste de certos trabalhadores que usam as calças curtas ou dobradas. Tal como as mulheres, os homens também dançam descalços.

carimbó roupas
Trajes típicos do carimbó

Coreografia do carimbó

A dança do carimbó é feita em pares, que formam uma roda. O rapaz convida a moça para a dança batendo palmas na frente dela.

Com as saias, as mulheres executam movimentos tentando cobrir a cabeça dos seus pares.

Há passos que imitam movimentos de animais. É o caso do passo dança do peru ou carimbó do peru, que é executado quando um casal vai para o centro da roda.

Nesse momento da coreografia, a dançarina deixa um lenço no chão, que deve ser apanhado pelo dançarino usando apenas a boca, ao som de:

"O peru da Atalaia,
xô, peru,
O peru e a perua,
xô, peru,
O peru está na roda,
xô, peru,
O peru é uma besta,
xô, Peru,
O peru e a perua,
xô, peru,
Apanha o lenço peru
xô, peru.
O peru pegou o lenço xô, peru.
"

Se o dançarino consegue, ele é aplaudido e permanece na dança. Caso contrário, abandona a dança sob vaias.

dança do peru carimbó
Dança do peru: dançarino tentando pegar, com a boca, lenço deixado pelo seu par

Sentiu curiosidade em saber mais sobre outras danças? Não deixe de consultar os textos abaixo:

Carimbó do Macaco, de Pinduca

O Carimbó do Macaco é uma música bastante popular do artista paraense Pinduca, que é considerado o Rei do Carimbó Moderno.

Confira a letra de Carimbó do Macaco:

Eu quero ver, ô, menina eu quero ver
Eu quero ver, você agora embolar
Eu quero ver, ô, menina eu quero ver
O carimbó do macaco
Que eu fiz pra você cantar

É macaco caco macaco
Macaco, macaco au
O macaco ó do macaco
O macaco do macacal
Eu conheço um macaquinho
Que é filho do macacão
Neto do macaco velho
Que mora lá no sertão
.”

Curiosidades sobre o carimbó

Em 2014, depois de dez anos de inventário, o carimbó foi declarado (por unanimidade) no Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil,

No dia 11 de novembro de 2015, essa dança folclórica paraense recebeu oficialmente a titulação de Patrimônio Cultural do Brasil, pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

Outro fato interessante sobre o carimbó é que, no Pará, o dia 26 de agosto é Dia Municipal do Carimbó. Esse é o dia de nascimento do Mestre Verequete, músico que ficou conhecido como Rei do Carimbó.

Mestre Verequete carimbó
Augusto Gomes Rodrigues, conhecido como Mestre Verequete e Rei do Carimbó (26/08/1916 - 03/11/2009)

Quiz do folclore

Não pare por aqui! O Toda Matéria selecionou uma série de textos riquíssimos sobre o folclore para ajudar você a ampliar os seus conhecimentos.

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora, pesquisadora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos.