Gênero Dramático


O Gênero Dramático (ou Teatral) faz parte de um dos três gêneros literários, ao lado do gênero lírico e épico.

No entanto, o gênero dramático, como o próprio nome indica, são os textos literários feitos com o intuito de serem encenados ou dramatizados. Do grego, a palavra “drama” significa “ação”.

Origem

Desde a Antiguidade o gênero dramático, originário na Grécia, eram textos teatrais encenados essencialmente como culto aos deuses, os quais eram representados nas festas religiosas.

Entre os principais autores do gênero dramático (tragédia e comédia) na Grécia antiga estão: Sófocles (496-406 a.C.), Eurípedes (480-406 a.C.) e Ésquilo (524-456 a.C.).

A encenação dos textos de gênero dramático tinha o objetivo de despertar emoções na plateia, fenômeno chamado de "catarse".

Saiba mais sobre a origem desse gênero, com a leitura dos artigos:

Principais Características

  • Encenação cênica (linguagem gestual e sonoplastia)
  • Presença de diálogos e monólogos
  • Predomínio do discurso em segunda pessoa (tu, vós)

Entenda O que é Monólogo.

Estrutura Dramática

Os autores desse tipo de texto são chamados de dramaturgos, que junto aos atores (que encenam o texto), são os emissores, e por sua vez, os receptores são o público.

Assim, os textos dramáticos, além de serem constituídos de personagens (protagonistas, secundárias ou figurantes), são compostos pelo espaço cênico (palco teatral e cenários) e o tempo.

Geralmente, os textos destinados ao teatro possuem uma estrutura interna básica, a saber:

  • Apresentação: faz-se a exposição tanto dos personagens quanto da ação a ser desenvolvida.
  • Conflito: o momento em que surge as peripécias da ação dramática.
  • Desenlace: Momento de conclusão, encerramento ou desfecho da ação dramática.

Além da estrutura interna inerente ao texto dramático, tem-se a estrutura externa do gênero dramático, tal qual os atos e cenas, de forma que o primeiro corresponde à mudança dos cenários necessários para a representação, enquanto o segundo, designa as mudanças (entrada ou saída) dos personagens. Observe que cada cena corresponde a uma unidade da ação dramática.

Que tal saber mais sobre o tema?

Exemplos de Textos Dramáticos

  • Tragédia: representação de acontecimentos trágicos, geralmente com finais funestos. Os temas explorados pela tragédia são derivados das paixões humanas, do qual fazem parte personagens nobres e heroicas, sejam deuses ou semideuses.
  • Comédia: representação de textos humorísticos que levam ao riso da plateia. São textos de caráter crítico, jocoso e satírico. A principal temática dos textos de comédia, envolvem ações cotidianas do qual fazem parte personagens humanos estereotipados.
  • Tragicomédia: união de elementos trágicos e cômicos na representação teatral.
  • Farsa: surgida por volta do século XIV, a farsa designa uma curta peça teatral de caráter crítico, formada por diálogos simples e representada por personagens caricaturais em ações corriqueiras, cômicas, burlescas.
  • Auto: surgido na Idade Média, os autos são textos curtos de temática cômica, os quais são geralmente formados por um único ato.

Amplie sua pesquisa com a leitura dos artigos: