Gênero Textual Bilhete


O Bilhete é um tipo de texto cotidiano muito frequente, empregado em contextos informais e escrito entre pessoas que possuam um grau de afetividade.

Em resumo, são textos comunicativos que contém mensagens simples, os quais são escritos em pequenos papéis e enviados para a amiga de escola, irmão, mãe, dentre outros.

Por esse motivo, o bilhete utiliza uma linguagem despretensiosa, ou seja, a linguagem informal e coloquial, tendo como principal função a informativa.

Ainda que sua principal função seja informar alguém sobre algo, os usos dos bilhetes são muito amplos e podem ser escritos para fazer um convite, relatar um fato, solicitar ou avisar algo, dentre outros.

Por ser um texto que apresenta um grau de intimidade entre o emissor (quem escreve) e o receptor (quem recebe), os bilhetes admitem abreviações, apelidos, repetições, gírias, vícios de linguagem, e nem sempre estão de acordo com a norma gramatical da língua. Na maioria das vezes, são assinados pelo autor e possuem a data em que foram escritos.

Bilhete e Carta

Ainda que ambos sejam textos do cotidiano, o bilhete difere da carta sobretudo, por ser um texto breve. Além disso, os bilhetes não são textos selados e enviados pelo correio. No entanto, eles podem apresentar, como nas cartas, um P.S. (pós-escrito), ou seja, uma informação no final do corpo do texto.

Saiba mais sobre A Carta como Gênero Textual.

Características do Bilhete

  • Textos cotidiano e breves
  • Escritos em primeira pessoa
  • Linguagem coloquial
  • Marcas de oralidade
  • Estrutura livre
  • Caráter informativo
  • Presença de Emissor e Receptor
  • Uso do Vocativo

Elementos do Bilhete

  • Destinatário: pessoa a quem se destina o bilhete.
  • Remetente: quem escreve o bilhete.
  • Corpo de Texto: mensagem curta que será transmitida. Inclui, portanto, o assunto (tema).
  • Despedida: na linguagem informal pode ser: beijos, abraços, se cuida, dentre outros.
  • Data: dia em que o bilhete foi escrito

Exemplos

Para compreender melhor esse tipo de texto, segue abaixo exemplos de bilhetes:

Gênero Textual Bilhete

Exemplo 1

Mari,

Não poderei ir hoje à tarde te encontrar no centro. Tive um probleminha aqui em casa. Depois te ligo, meu amor!

Beijos enormes! Se cuida!

Dani 21/04/1998

Exemplo 2

Lú,

Não se esqueça de lavar a louça do almoço e comprar o arroz e as batatas que lhe pedi!

Beijos da mamãe

PS: Quando chegar, eu te ajudo com as tarefas da escola.

Exemplo 3

Rafa:

Preciso te contar o que aconteceu na festa!!! Quando terminar a prova vem até minha casa e conversamos melhor.... Vários babados!!!

Boa sorte!

Aninha 12/03/2015

Exemplo 4

Meu amor,

Deixei o café da manhã na mesa especialmente pra vc!!!

Um ótimo dia pra você!!!

Te amo demais!!!

Sua Fer

Atividades

Para fixar seus conhecimentos sobre esse tipo de texto, confira abaixo alguns exercícios resolvidos:

Exercício 1

Os bilhetes são textos do cotidiano escritos entre pessoas que apresentam determinado grau de proximidade. Sendo assim, qual a linguagem utilizada nos bilhetes:

a) Linguagem não-verbal
b) Linguagem coloquial
c) Linguagem formal
d) Linguagem publicitária
e) Linguagem teatral

Exercício 2

Assinale a alternativa correta sobre o gênero textual bilhete:

a) São textos breves e científicos
b) São textos longos e sem autoria
c) São textos breves e pessoais
d) São textos longos e descritivos
e) São textos longos e narrativos

Exercício 3

Leia o bilhete abaixo e responda as questões:

Gênero Textual Bilhete

  1. Quem é o emissor e o receptor do bilhete?
  2. Quais abreviações o autor utiliza?
  3. Qual a Linguagem utilizada?

Respostas dos Exercícios

Exercício 1: letra b
Exercício 2: letra c
Exercício 3:

  1. O emissor é a Joana e o receptor é a Jú.
  2. As abreviações utilizadas no bilhete são: o nome do receptor (Jú); tô (verbo estar); e cel (referente ao celular).
  3. Linguagem coloquial ou informal.