Geocentrismo e Heliocentrismo

Juliana Bezerra

Geocentrismo e heliocentrismo são duas teorias que explicam o funcionamento do universo.

O geocentrismo afirma que a Terra está fixa no universo e os planetas e astros giram ao seu redor. Foi muito utilizada na Antiguidade para esclarecer como aconteciam os fenômenos celestes, porém, atualmente não é mais válida.

Já a teoria heliocêntrica afirma que a Terra gira ao redor do sol e de si mesma. Foi postulada desde a Antiguidade, mas foi recuperada e defendida na Idade Moderna. O heliocentrismo, nos dias de hoje, é a teoria aceita pelos cientistas para entender o universo.

Geocentrismo

Geocentrismo
O Geocentrismo colocava a Terra no centro do sistema e o Sol girando ao seu redor

O geocentrismo foi baseado na observação terrestre e, do ponto de vista da Terra, se tem a impressão que a Terra não se move e sim o céu. Por isso, acreditava-se que o céu seria um cristal e as estrelas estariam fixas.

A palavra geocentrismo vem de "Geo" (terra) e o vocábulo "centro", em outras palavras, a Terra seria o centro do universo.

O modelo geocêntrico foi elaborado na Antiguidade por Hiparco e mais tarde, seria retomado e expandido por Cláudio Ptolomeu.

A teoria geocêntrica foi defendida pela Igreja Católica durante muito tempo, porque coincidia com os ensinamentos encontrados na Bíblia.

Heliocentrismo

Heliocentrismo
O Sol no centro do sistema e os planetas girando em sua volta

A palavra heliocentrismo vem de "Hélio" (deus do Sol) e o vocábulo "centro". Isto significa que o Sol estaria no centro do universo com os corpos celestes girando ao seu redor (movimento de translação).

É importante frisar que já na Antiguidade havia estudiosos que defendiam que o Sol girava ao redor da Terra, como Aristarco de Samos. Também os próprios astrônomos não conseguiam explicar como havia planetas e estrelas que seguiam uma trajetória em espiral.

No entanto, foi Nicolau Copérnico que provou que a Terra girava ao redor do sol e a alternância entre dia e noite se devia ao fato de que ela girava no seu próprio eixo (movimento de rotação).

A partir do esquema de Ptlomeu, Copérnico decide colocar o sol no centro do universo e assim alterou toda a percepção que se tinha do espaço e da própria humanidade. A partir daí, a Terra passava a ser mais um planeta e não o corpo celeste mais importante, com afirmava a Bíblia. Essas ideias foram consideradas polêmicas tanto pelo mundo científico quanto pelo religioso.

De qualquer forma, o livro de Copérnico, “Da Revolução”, foi essencial para o começar se fazer ciência de maneira moderna e deu origem à Revolução Científica.

Temos mais textos sobre o assunto para você:

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.