Mãe-de-Ouro

Daniela Diana

A Mãe-de-Ouro é uma personagem do folclore brasileiro.

Embora não seja muito conhecida, a lenda é popular em alguns locais do Brasil, como nas regiões interioranas do sudeste, centro-oeste e nordeste do país.

A Mãe-de-Ouro é descrita como uma bela mulher que possui cabelos longos e dourados. Ela sempre aparece usando um vestido branco de seda.

Em algumas versões da lenda, ela tem o formato de uma grande bola de fogo que possui a capacidade de se transformar numa bela mulher.

Versões da Lenda da Mãe-de-Ouro

mãe-de-ouro

A habilidade da Mãe-de-Ouro está em encontrar tesouros escondidos ou mesmo jazidas de ouro Sendo assim, a Mãe-de-Ouro tem o poder de voar e, portanto, consegue localizar os lugares onde há tesouros enterrados.

Por esse motivo, ela é conhecida como a protetora dos tesouros e do ouro. Além disso, é considerada protetora da natureza, principalmente dos rios e montanhas.

Mas é durante a noite que ela atua, especialmente nas noites escuras sem lua e estrelas. Sua forma de bola de fogo percorre os céus onde ela detecta exatamente o local em que há algo escondido.

Note que sua intenção não é indicar aos homens os locais onde podem ser explorados, mas sim, proteger o ouro para que ele não seja extraído. Acredita-se que por conta de sua atuação, ainda existam algumas jazidas de ouro que não foram exploradas.

Noutra versão da lenda, a Mãe-de-Ouro também cuida das mulheres que são maltratadas pelos maridos e, portanto, infelizes nos casamentos.

Assim, com sua beleza estonteante ela leva os maridos indesejados para uma caverna longe de sua família. Ali, a Mãe-de-Ouro os prendem o resto de suas vidas. Igualmente, ela arruma outros maridos que farão felizes as esposas.

A Mãe-de-Ouro e o Escravo

Por fim, há também uma versão muito conhecida da lenda em que um escravo trabalhava dias procurando ouro para seu patrão cruel.

Cansado de procurar e certo de que sofreria maus tratos por seu dono, a Mãe-de-Ouro aparece indicando exatamente onde ele deveria buscar.

Em troca, o escravo lhe oferece o que ela havia pedido: fitas coloridas e um espelho. Além disso, a Mãe-de-Ouro deixou claro que o ajudaria, mas ele nunca deveria dizer as pessoas o local da mina. No entanto, após levar ouro suficiente para seu patrão, ele quis logo saber onde o escravo tinha encontrado.

Embora tenha tentado guardar o segredo, acabou por revelar o local, isso claro, depois de receber muitas açoitadas de seu patrão maldoso. Ao chegar no local, os escravos escavaram e finalmente encontraram o ouro. No entanto, um grande desabamento matou todos, inclusive o mineiro cruel.

Origem da Lenda da Mãe-de-Ouro

Há controvérsias sobre a origem da lenda, mas acredita-se que ela surgiu na época do ciclo do ouro (final do século XVII e início do XVIII).

Nesse período, a extração de ouro era a principal atividade econômica no país que ocorreu sobretudo, nos estados de Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais.

Conheça mais sobre o folclore do país lendo esses textos:

Explicação Científica

Alguns ufólogos investigam o aparecimento de bolas de fogo no interior do Brasil. Segundo eles, são OVNIS (objetos voadores não identificados) que aparecem nos céus nas noites mais escuras.

Quiz do Folclore

Conheça também outras lendas do folclore brasileiro:

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.