Navegações Portuguesas

Juliana Bezerra

As navegações portuguesas começaram no século XV com a conquista de Ceuta e se estenderam por todo século XVI.

Esse empreendimento foi responsável pelo redesenho do mapa do mundo conhecido até o momento.

Causas

Vários motivos levaram os portugueses a se lançarem nesta aventura.

  • necessidade de abertura de novas rotas comerciais;
  • expandir a fé cristã;
  • conquistar terras e títulos para a nobreza.

O fato de estarem sem disputas bélicas internas e organizado como estado nacional também foi uma vantagem para Portugal ser pioneiro na navegação.

Navegações Portuguesas
Frota de Pedro Álvares Cabral saindo do rio Tejo

O país luso ainda tinha uma série de questões econômicas para resolver. A coroa portuguesa estava sem metais para cunhar moedas, sofria com a insuficiência de produtos agrícolas, mão de obra e havia a necessidade de expandir os mercados.

Portugal contava com vantagem geográfica que também contribuiu para o desempenho no mar devido ao fácil acesso à África pelo Oceano Atlântico.

Por isso, parte da nobreza e da burguesia apostam na conquista de rotas pelo mar para chegar a estas terras e mercados.

Expansão

A primeira grande conquista portuguesa foi a cidade de Ceuta, ocorrida em 1415. Ceuta era ponto de encontro de várias caravanas árabes.

Os navegadores portugueses foram contornando a costa da África pelo Oceano Atlântico, num empreendimento organizado por, entre outros, o Infante Dom Henrique, que reúne navegadores em torno da "Escola de Sagres".

Esta exploração que ficou conhecida como Périplo Africano e ocorreu entre os anos de 1415 e 1510. Em 1500, o navegador Pedro Álvares Cabral chega ao Brasil.

Veja abaixo o local e data da chegada dos portugueses em várias partes do mundo que fazem parte das navegações portuguesas:

LocalData
Ceuta1415
Ilha da Madeira1418
Açores1427
Cabo Bojador1434
Cabo Verde1444
São Tomé e Príncipe1471
Cabo Negro1484
Cabo da Boa Esperança1488
Groenlândia1495-1498
Índia1498
América (Brasil)1500
Terra Nova (Canadá)1500
Ilha de São Lourenço (Madagascar)1500
Ceilão (Sri Lanka)1505
Ormuz (Irã)1507
Malaca1509
Molucas1511
Sudeste Asiático (China)1513
Timor1515
Cipango (Japão)1542

Leia mais:

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.