Peste bubônica


A peste bubônica ou peste negra é uma doença pulmonar causada pela bactéria Yersinia pestis.

Essa doença é bastante conhecida por ter dizimado um terço da população europeia no século XIV.

Sintomas

Os sintomas costumam surgir em até 6 dias após a transmissão da bactéria pela pulga infectada.

Peste bubônica
Bubões na pele causados pela peste bubônica

O nome da doença está relacionado com os sintomas que apresenta. Nesse caso, surgem bubões ou bolhas no corpo com pus e sangue.

Após um tempo, os bubões se rompem e tornam-se feridas na pele, causando a gangrena do tecido.

Os gânglios linfáticos também tornam-se inchados, especialmente na região das virilhas e axilas. Isso porque as bactérias migram para essas regiões.

Os outros sintomas que surgem são:

  • Febre alta
  • Dores no corpo
  • Dor de cabeça
  • Fraqueza
  • Calafrios
  • Perda de apetite

Caso a doença não seja tratada, ela pode atingir o sistema nervoso causando sérias consequências para a saúde e evoluindo para o coma.

Quer conhecer sobre as questões históricas dessa doença? Leia também Peste Negra.

Transmissão

A transmissão da peste bubônica ocorre através de ratos que apresentam pulgas infectadas com a bactéria causadora da doença.

A bactéria é transmitida aos humanos por meio da picada das pulgas. Com o avanço e agravamento da doença ela também é transmitida por espirros, saliva e contato com feridas das pessoas doentes.

A falta de saneamento básico e de higiene foram fatores decisivos para que a peste bubônica se espalhasse pela Europa durante a Idade Média.

Tratamento

Antigamente, a peste bubônica podia matar em até 7 dias. Porém, nos dias de hoje a doença dificilmente leva a morte.

O tratamento é baseado no uso de antibióticos e isolamento da pessoa doente, já que a doença pode ser transmitida para outras pessoas.

Leia também:

Curiosidades

  • A peste bubônica não ficou no passado e ainda hoje atinge pessoas em todo o mundo. Casos recentes de endemias foram relatados em Madagascar, Congo e no Peru.
  • No Brasil, em 2017, o estado do Ceará notificou alguns focos da peste bubônica, ficando em estado de alerta. Porém, nenhum caso da doença foi registrado.
  • Em 2013, foram notificadas 126 mortes por morte negra em todo o mundo.