9 maiores pandemias da história da humanidade

A pandemia acontece quando uma doença epidêmica infecciosa e muito contagiosa atinge todos os continentes do mundo.

Confira abaixo as 9 maiores epidemias e pandemias que marcaram a história. A ordem escolhida está de acordo com a mais atual (coronavírus), seguida daquelas que mais afetaram a humanidade.

1. Coronavírus

  • Vírus: SARS-COV-2
  • Período do surto: 2019-2020
  • Número de mortes: cerca de 700 mil pessoas (agosto/2020)

O coronavírus é uma pandemia que atingiu a população mundial no final do ano de 2019 e 2020. O nome atribuído “COVID-19” é a junção dos termos Corona, Vírus e Doença (disease, no inglês), mais o ano de 2019.

Vale lembrar que o coronavírus é uma família de vírus, sendo que o causador da doença COVID-19 é o vírus identificado como SARS-COV-2. A sigla SARS significa Síndrome Respiratória Aguda Grave.

A doença foi identificada no final de 2019 na China, mais precisamente na cidade de Wuhan, e avançou para outros países de todos os continentes. Esse vírus começou a infectar morcegos e, mais tarde, os seres humanos.

Essa doença ataca os pulmões, levando os doentes a graves quadros de insuficiência respiratória, e que pode resultar na morte.

No começo, a doença inclui os sintomas de uma gripe normal, mas pode avançar para casos de pneumonia grave. Note que, as pessoas mais atingidas possuem mais de 60 anos.

2. Tuberculose

  • Bactéria: Bacilo de Koch
  • Período do surto: 1850-1950
  • Número de mortes: cerca de 1 bilhão de pessoas

Foi em meados do século XIX que a tuberculose começa a atingir grande parte da população. Essa doença causada por uma bactéria, o bacilo de Koch, é também chamada de tísica pulmonar, pois afeta os pulmões, causando sintomas graves de insuficiência respiratória. No entanto, a doença também pode atingir outros órgãos do corpo como os ossos, a pele e os gânglios linfáticos.

Quando acometidas pela doença, as pessoas começam a ter crises de tosse aguda com sangue e pus. Até meados do século XX, a tuberculose atingiu pessoas em diversas partes do mundo e estima-se que chegou a matar cerca de 1 bilhão de indivíduos. Embora esteja controlada, ela continua presente em alguns países do mundo, sobretudo, os subdesenvolvidos.

Entenda mais sobre essa doença bacteriana: Tuberculose.

3. Varíola

  • Vírus: Orthopoxvirus variolae
  • Período do surto: 430 a.C. (primeiro surto)
  • Número de mortes: 300 milhões de pessoas aproximadamente

A varíola é uma doença causada pelo vírus Orthopoxvirus variolae, com sintomas parecidos com os da gripe normal, (febre e dores no corpo), acrescidos de vômitos e úlceras cutâneas.

Vários surtos de varíola aconteceram na história da humanidade, sendo que o primeiro deles ocorreu em 430 a.C. na Grécia. Estima-se que naquele momento ⅓ da população grega morreu.

Mais tarde, foi a vez dos romanos e com as grandes navegações no século XV, a doença chegou na América. Foi somente no século XVIII que a doença começa a ser controlada com a criação da vacina contra a varíola por Edward Jenner.

No século XX, mais precisamente na década de 80, quando ela matou mais de 300 milhões de pessoas, essa doença foi considerada erradicada do planeta.

Leia mais sobre essa doença: Varíola.

4. Gripe Espanhola

  • Vírus: Influenza
  • Período do surto: 1918-1920
  • Número de mortes: entre 20 e 40 milhões de pessoas

A gripe espanhola foi uma das maiores pandemias da história que atingiu a população mundial no ano de 1918, no final da primeira guerra mundial e permaneceu até 1920.

Recebeu esse nome pois a Espanha foi um dos países mais atingidos no início do surto. Influenza é o nome atribuído ao vírus dessa doença que infectou cerca de 500 milhões de pessoas no mundo.

O número de mortes não é certa, mas estima-se que essa gripe tenha matado entre 20 e 40 milhões de pessoas no mundo. No Brasil, o presidente do país na altura, Rodrigues Alves, chegou a falecer. Note que, uma variação desse mesmo vírus, conhecido como H1N1, voltou a atingir a população em 2009.

Leia mais sobre a Gripe Espanhola.

5. Peste Negra

  • Bactéria: Yersinia pestis
  • Período do surto: 1347-1353
  • Número de mortes: 25 milhões de pessoas aproximadamente

Foi no século XIV, durante a Idade Média, que a peste negra, também chamada de peste bubônica, assolou a população europeia e asiática. Teve sua origem no Oriente, na Mongólia, e foi espalhada pelos barcos comerciais que realizavam trabalho entre os dois continentes.

Causada por uma bactéria, essa doença primeiro atingiu os ratos e depois foi passada aos humanos pelas pulgas infectadas que haviam picado esse animais.

Os sintomas eram parecidos com uma gripe forte, porém com o inchaço dos gânglios e presença de bolhas de pus e sangue pelo corpo.

O maior problema que fez essa doença atingir grandes proporções, estava nas condições de saneamento e higiene no momento.

Estima-se que na Europa, ⅓ da população morreu, ou seja, cerca de 25 milhões de pessoas entre os anos de 1347 e 1353.

Entenda melhor sobre a história e as características da doença:

6. Aids (HIV)

  • Vírus: HIV
  • Surto da doença: 1980
  • Número de mortes: 20 milhões de pessoas aproximadamente

A AIDS, sigla de Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Acquired Immunodeficiency Syndrome), é uma doença causada pelo vírus HIV que acomete o sistema imunológico atacando los linfócitos T-CD4, fundamentais para para as defesas do organismo.

Sua transmissão ocorre nas relações sexuais, e também pela transmissão sanguínea causada, sobretudo, pelo uso das drogas injetáveis. Além disso, grávidas que apresentem o vírus podem passar para os filhos durante a gestação.

Até hoje, não foi descoberto a cura dessa doença. Os pacientes controlam a doença e fortalecem o sistema imunológico. Estima-se que mais de 20 milhões de pessoas no mundo já morreram de AIDS.

Saiba mais sobre essa doença: AIDS.

7. Tifo

  • Bactéria: Rickettsia prowazekii
  • Período do surto: 1918-1922
  • Número de mortes: cerca de 3 milhões de pessoas

Foi no século XV que o tifo começa a atingir a população, porém foi depois da primeira guerra mundial que essa doença alcança grande parte das pessoas, matando cerca de 3 milhões de indivíduos em 5 anos (1918 a 1922).

Ela é transmitida através dos piolhos contaminados, que na altura se encontravam nos ratos. Por isso, essa doença também está muito relacionada com a peste negra, que também se espalhou por conta dos piolhos que picavam os ratos e ficavam infectados.

Com isso, fica claro que o tifo se espalhou num momento em que o saneamento era uma das poucas preocupações da população. Os sintomas do tifo são, inicialmente, similares aos da gripe, porém, com presença de erupções cutâneas.

8. Cólera

  • Bactéria: Vibrião colérico
  • Período do surto: 1817-1824
  • Número de mortes: 30 mil pessoas aproximadamente

Doença infecciosa bacteriana que já teve diversos surtos na história da humanidade, sendo que o maior deles ocorreu no século XIX. Estima-se que cerca de 30 mil pessoas morreram vítimas dessa enfermidade.

A cólera é causada, sobretudo, pela falta de saneamento básico, gerada pela água e alimentos contaminados pela bactéria.

O principal sintoma é a diarreia, levando a pessoa a uma grande desidratação. Atualmente, essa doença ainda continua a atingir diversas pessoas no mundo, principalmente em países subdesenvolvidos, onde o saneamento é precário.

Quer saber mais? Veja também o texto sobre Cólera.

9. Gripe Suína (H1N1)

  • Vírus: Influenza tipo A
  • Período do surto: 2009-2010
  • Número de mortes: cerca de 20 mil pessoas

Em 2009, a gripe H1N1, influenza tipo A ou gripe suína, começou no México e logo se espalhou pelo mundo. Foi chamada de gripe suína uma vez que foi identificada pela primeira vez em porcos.

O surto dessa doença respiratória causada por vírus permaneceu até 2010 e atingiu cerca de 207 países do mundo.

Estima-se que, nesse período, 9 mil pessoas morreram. Os grupos que apresentam maior risco de contaminação são as crianças, as gestantes e os idosos.

Doença muito contagiosa, apresenta sintomas parecidos com os da gripe comum: febre, tosse e dores no corpo. Estima-se que cerca de 20 mil pessoas morreram dessa doença em todo o mundo.

Saiba mais sobre a Gripe.

Leia também sobre: