Polifonia Textual

Daniela Diana

Na linguística, a polifonia textual é uma característica dos textos em que estão presentes diversas vozes.

O termo polifonia é formado pelos vocábulos “poli” (muitos) e “fonia” (relativo ao som, voz).

Em outras palavras, a polifonia aponta a presença de obras ou referências que aparecem dentro de outra.

Esse termo é aplicado em outras áreas, sobretudo a musical. Nesse caso, a polifonia musical é quando há presença de duas ou mais vozes na melodia ou ainda, um instrumento capaz de produzir mais sons de maneira simultânea.

A Polifonia e o Dialogismo em Bakhtin

Nos estudos linguísticos, o termo polifonia foi criado pelo filósofo russo Mikhail Bakhtin (1895-1975). Esse conceito representa a pluralidade ou multiplicidade de vozes presentes nos textos, que, por sua vez, estão fundamentados em outros.

Nesse sentido, a polifonia está intimamente relacionada com a intertextualidade. Nas palavras do linguista:

“Em toda parte é o cruzamento, a consonância ou a dissonância de réplicas do diálogo aberto com as réplicas do diálogo interior dos heróis. Em toda parte um determinado conjunto de ideias, pensamentos e palavras passa por várias vozes imiscíveis, soando em cada uma de modo diferente.”

O linguista analisou diversos romances, sobretudo do escritor russo Fiódor Dostoiévski (Crime e Castigo, O Idiota, etc.), e apresentou as diferenças entre a monofonia e a polifonia textual.

Na monofonia, o texto é produzido por somente uma voz, enquanto na polifonia diversas vozes se entrecruzam.

Nesse caso, os personagens do romance polifônico possuem seu próprio ponto de vista, voz e comportamentos, mediados pelo contexto em que estão inseridos.

No entanto, quando o texto é monofônico, uma voz é predominante absorvendo os discursos de outros. Já nos romances polifônicos, os personagens atuam livremente tendo todos certa autonomia.

Observe que no último caso (polifonia), as vozes presentes no discurso não se anulam e sim, se complementam. Dessa maneira, elas formam uma grande teia de pensamentos, opiniões e posturas.

Segundo Bakhtin, o dialogismo representa o princípio da linguagem, ou seja, a comunicação verbal que pode surgir nos textos monofônicos e polifônicos.​

Leia mais sobre Linguística.

Tipos de Polifonia

Segundo a área de atuação, o conceito de polifonia é dividido em:

  • Polifonia Textual
  • Polifonia Discursiva
  • Polifonia Literária
  • Polifonia Discursiva
  • Polifonia Musical

Polifonia e Intertextualidade

O conceito de polifonia está intimamente relacionado com o de intertextualidade. Isso porque a intertextualidade é um recurso linguístico utilizado entre os textos. Nela, é possível observar o diálogo estabelecido entre os textos, ou seja, a referência entre eles.

Saiba mais sobre o tema e confira alguns exemplos com a leitura dos textos:

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.