Pretérito Imperfeito

Daniela Diana

O pretérito imperfeito é um tempo verbal usado para indicar ações que ocorreram no passado. Ele é conjugado nos modos indicativo e subjuntivo.

Além dele, há outros dois tipos de pretérito: pretérito perfeito e o mais-que-perfeito.

Pretérito Imperfeito do Indicativo

No modo indicativo, esse tempo verbal é empregado para se referir a um fato inacabado ocorrido no passado. Por isso, ele transmite uma ideia de continuidade.

Para os verbos regulares, os quais a conjugação segue um padrão, o pretérito imperfeito possui as seguintes terminações:

1.ª conjugação (-ar) 2.ª conjugação (-er) 3.ª conjugação (-ir)
(Eu) radical + -ava (Eu) radical + -ia (Eu) radical + -ia
(Tu) radical + -avas (Tu) radical + -ias (Tu) radical + -ias
(Ele) radical + -ava (Ele) radical + -ia (Ele) radical + -ia
(Nós) radical + -ávamos (Nós) radical + -íamos (Nós) radical + -íamos
(Vós) radical + -áveis (Vós) radical + -íeis (Vós) radical + -íeis
(Eles) radical + -avam (Eles) radical + -iam (Eles) radical + -iam

Pretérito Imperfeito do Subjuntivo

No modo subjuntivo, o pretérito imperfeito é utilizado para expressar desejos e acontecimentos que são determinados por outros. Seu uso pode indicar uma ação do presente, do passado ou do futuro.

Para os verbos regulares, os quais não sofrem alterações em seu radical, o pretérito imperfeito do subjuntivo apresenta as seguintes terminações:

1.ª conjugação (-ar) 2.ª conjugação (-er) 3.ª conjugação (-ir)
(Eu) radical + -asse (Eu) radical + -esse (Eu) radical + -isse
(Tu) radical + -asses (Tu) radical + -esses (Tu) radical + -isses
(Ele) radical + -asse (Ele) radical + -esse (Ele) radical + -isse
(Nós) radical + -ássemos (Nós) radical + -êssemos (Nós) radical + -íssemos
(Vós) radical + -ásseis (Vós) radical + -êsseis (Vós) radical + -ísseis
(Eles) radical + -assem (Eles) radical + -essem (Eles) radical + -issem

Exemplos

Confira abaixo uma tabela com verbos das três conjugações (-ar, -er, -ir) no modo indicativo e subjuntivo:

Modo Indicativo

1.ª conjugação (-ar) – verbo amar 2.ª conjugação (-er) – verbo comer 3.ª conjugação (-ir) – verbo permitir
Eu amava Eu comia Eu permitia
Tu amavas Tu comias Tu permitias
Ele amava Ele comia Ele permitia
Nós amávamos Nós comíamos Nós permitíamos
Vós amáveis Vós comíeis Vós permitíeis
Eles amavam Eles comiam Eles permitiam

Modo Subjuntivo

1.ª conjugação (-ar) – verbo amar 2.ª conjugação (-er) – verbo comer 3.ª conjugação (-ir) – verbo permitir
Se eu amasse Se eu comesse Se eu permitisse
Se tu amasses Se tu comesses Se tu permitisses
Se ele amasse Se ele comesse Se ele permitisse
Se nós amássemos Se nós comêssemos Se nós permitíssemos
Se vós amásseis Se vós comêsseis Se vós permitísseis
Se eles amassem Se eles comessem Se eles permitissem

Pretérito Perfeito, Imperfeito e Mais-que-perfeito

Os três tempos verbais do pretérito são utilizados para indicar ações que ocorreram no passado.

No entanto, como vimos acima, o pretérito imperfeito é usado para ações que não foram terminadas no passado e, portanto, indicam continuidade.

Por sua vez, o pretérito perfeito indica ações acabadas que ocorreram em determinado tempo passado.

Já o pretérito mais-que-perfeito é um tempo verbal pouco utilizado na linguagem coloquial e que indica uma ação que ocorreu antes de outra ação no passado.

Tanto o pretérito perfeito quanto o mais-que-perfeito apresentam foras verbais compostas.

Leia também:

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.