Regência Nominal

Daniela Diana

Regência Nominal é a maneira de um nome (substantivo, adjetivo e advérbio) relacionar-se com seus complementos.

Em geral, a relação entre o nome e o seu complemento é estabelecida por preposição. Portanto, é justamente o conhecimento da preposição o que há de mais importante na regência nominal.

Exemplos

Confira abaixo alguns exemplos e frases com regência nominal:

Exemplo de regência de alguns nomes:

Amor

  • Tenha “amor a” seus livros.
  • Meu “amor pelos” animais me conforta.
  • Cultivemos o “amor da” família.
  • O amor “para com” a Pátria.

Ansioso

  • Olhos “ansiosos de” novas paisagens.
  • Estava “ansioso por” vê-la.
  • Estou “ansioso para” ler o livro.

Exemplos de nomes transitivos e suas respectivas preposições:

Acessível a

Exemplo: Isto é acessível a todos.

Acostumado a, com

Exemplos:

  • Estou acostumado a comer pouco.
  • Estamos acostumados com as novas ferramentas.

Afável com, para com

Exemplos:

  • Ele é afável com sua filha.
  • O professor tem sido afável para com seus alunos.

Agradável a

Exemplo: Sou agradável a ti.

Alheio a, de

Exemplos:

  • Ele vive alheio a tudo.
  • João está alheio de carinho fraternal.

Apto a, para

Exemplos:

  • Estou apto a trabalhar.
  • Joana está apta para desenvolver suas funções.

Aversão a, por

Exemplos:

  • Ele tem aversão a pessoas.
  • Paula tem aversão por itens supérfluos.

Benefício a

Exemplo: Pilates é um grande benefício à saúde.

Capacidade de, para

Exemplos:

  • Laura tem excepcional capacidade de comunicação.
  • Joaquim tem capacidade para o trabalho.

Capaz de, para

Exemplos:

  • Ele é capaz de tudo.
  • A empresa é capaz para trabalhar com projetos.

Compatível com

Exemplo: Seu computador é compatível com este.

Contrário a

Exemplo: Esse modo de vida é contrário à saúde.

Curioso de, por

Exemplos:

  • Luís é curioso de tudo.
  • Vitória é curiosa por natureza

Descontente com

Exemplo: Estamos descontentes com nosso sistema político.

Essencial para

Exemplo: Esse livro é essencial para aprender matemática.

Fanático por

Exemplo: Ele é fanático por histórias em quadrinhos.

Imune a, de

Exemplos:

  • O Brasil não ficou imune à crise econômica.
  • Estamos imunes de pagar os impostos.

Inofensivo a, para

Exemplos:

  • O vírus é inofensivo a seres humanos
  • Os danos que sofreu são inofensivos para sua saúde.

Junto a, de

Exemplos:

  • Comprei a casa junto a sua.
  • Estava junto de miguel, quando aconteceu o acidente.

Livre de

Exemplo: Este sabonete está livre de parabenos.

Simpatia a, por

Exemplo:

  • José tem simpatia as causas populares.
  • Tenho muito simpatia por Ana.

Tendência a, para

  • Viviana tem tendência à mentira.
  • As meninas tem tendência para a moda.

União com, de, entre

  • A união com Regina foi fracassada.
  • Na reação química, ocorreu uma união de substâncias.
  • A união entre eles é muito bonita.

Saiba mais sobre Preposição e Complemento Nominal

Regência Verbal

A regência verbal caracteriza a relação entre o verbos e seus complementos (objeto direto, objeto indireto).

Entenda melhor com a leitura dos artigos:

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.