Ronald Reagan


Ronald Reagan (1911-2004) foi um ator, político e presidente dos Estados Unidos de 1981-1989.

Durante seu governo, houve a implantação de medidas neoliberais, o fim da Guerra Fria e o caso Irã-Contras.

Biografia

Ronald Wilson Reagan nasceu na cidade de Tampico, estado de Ilinois, em 06 de fevereiro de 1911.

Formou-se em Sociologia e Economia, foi locutor esportivo e ator em Hollywood. Ali, atuaria em filmes B, produções que não se destacavam pelo valor artístico, mas que tinham acolhida entre o grande público.

Teria sua primeira experiência política sendo o presidente do Sindicato dos Atores. Também neste período conheceria suas duas esposas: a atriz Jayne Wyman com quem estaria casado de 1940 a 1949. Mais tarde, se casaria com a atriz Nancy Davis em 1952 e com ela permaneceria até a sua morte em 2004.

Após deixar Hollywood, elegeu-se governador do estado da Califórnia, pelo partido Republicano, em 1967 e retirou-se em 1975.

Ronald Reagan
Propaganda da campanha de Reagan para governador da Califórnia

Finalmente, disputaria a presidência da República ficando na Casa Branca de 1981 a 1989.

A administração Reagan privilegiaria o capital ao trabalho, beneficiando os financistas de Wall Street e prejudicando os trabalhadores.

Os sindicatos foram esvaziados de suas funções, fábricas fecharam as portas e se mudaram para outros países causando desemprego.

Na política externa, Ronald Reagan respaldou politicamente a Mikhail Gorbachev e os dois mandatários puseram fim à Guerra Fria.

Também encontrou uma aliada fiel na primeira-ministra Margaret Thatcher, do Reino Unido, que aplicava o neoliberalismo em seu país.

Após deixar a presidência, Ronald Reagan cuidou do seu legado político organizando a Fundação Presidencial Ronald Reagan e a biblioteca de mesmo nome.

Retirou-se da vida pública quando foi diagnosticado de Alzheimer, em 1994 e morreria dez anos depois de pneumonia em Los Angeles.

Governo

Os oito anos de governo Reagan foram marcados pela diminuição de gasto público, eliminação de vários programas de assistência social e redução de impostos para grandes fortunas.

Isso provocou endividamento da classe média americana que agora tinha que recorrer aos bancos para pagar os estudos em universidades e a casa própria.

Igualmente, várias indústrias americanas se mudaram a países subdesenvolvidos a fim de baratear os custos da produção. Isso deixou milhares de desempregados nos Estados Unidos.

Ronald Reagan
Ronald Reagan discursa em Berlim. À direita, o chanceler alemão Helmut Kohl

Originário do partido Republicano, Reagan repudiava o socialismo. Num discurso proferido em 1983 chamou a União Soviética de “Império do Mal”.

Ainda assim, com a eleição de Mikhail Gorbachev na URSS, em 1985, e suas políticas de Perestroika e Glasnot, Reagan se aproximou do líder soviético. O objetivo era de limitar o arsenal nuclear entre as duas potências.

Após muitas negociações, em 1987, os dois presidentes assinam um tratado que colocaria fim a Guerra Fria.

Num célebre discurso diante do Portão de Brandemburgo, em Berlim, Reagan desafiou: “Mr. Gorbachev, derrube este muro”.

Certos analistas concordam que os atos de Ronald Reagan contribuíram para o fim da URSS de maneira pacífica.

Combate às Drogas

Durante o segundo mandato de Ronald Reagan (1985-1989) foi declarada guerra contra as drogas.

A primeira-dama, Nancy Reagan, se envolveu diretamente nesta política lançando a campanha “Just say No” (Apenas diga não). O intuito era de sensibilizar crianças e adolescentes sobre os problemas do consumo de entorpecentes.

Contudo, esta política foi a desculpa que o governo americano conseguiu para intervir nos países da América do Sul, como a Colômbia, para capturar narcotraficantes.

Isto mobilizou soldados, a inteligência americana e a indústria de armas, que faturava vendendo produtos para dois lados.

Leia mais em Descriminalização das Drogas

Irã-Contras

O caso de corrupção mais escandaloso durante o governo Reagan foi o de venda de armas para o Irã e para os “Contra”, da Nicarágua. Estes, eram um grupo de combatia o general Ortega, declarado inimigo pelos Estados Unidos.

No entanto, o Congresso americano havia proibido venda de armas à Nicarágua e ao Irã. Isto significava que a presidência estava desobedecendo a uma lei do Poder Legislativo.

O escândalo terminou com vários membros do gabinete de Reagan condenados. O próprio presidente esteve perto de receber alguma sanção, mas não foi processado. De todas as maneiras, sua popularidade baixou consideravelmente enquanto duraram as investigações.

Frases

  • “O socialismo é um sistema que só funciona no Céu, onde não precisam dele, e no Inferno, onde ele já existe.”
  • “A visão do governo sobre a economia poderia ser resumida em poucas frases curtas: 'Se ela se movimenta, taxe-a. Se ela continua se movimentando, regule-a. E se ela para de se mover, subsidie-a'.”
  • “Não espere que a solução venha do governo. O governo é o problema.”
  • “Governos tendem a não resolver os problemas, apenas reorganizá-los.”
  • “O homem pode ser livre à medida que o governo tenha limites; quando cresce o governo, diminui a liberdade.”
  • “Governo não resolve os problemas, quer subsidia-los.”

Leia mais: