Tecido Adiposo


O tecido adiposo é um tipo de tecido conjuntivo com propriedades especiais. Possui muitos adipócitos, células especializadas, que têm função principal de reserva energética para o organismo, entre outras.

O tecido adiposo multilocular possui várias gotas de gordura envoltas por citoplasma, com isso a célula tem aspecto esponjoso.

No tecido adiposo multilocular há várias gotas de gordura no citoplasma celular

Tecido Adiposo Unilocular

Geralmente, quando se fala da “gordura do corpo” é esse tecido que está sendo citado. Ele é o principal reservatório de lipídios do corpo.

É o mais comumente encontrado, sendo distribuído por regiões como as camadas mais profundas da pele e ao redor de órgãos da cavidade abdominal. Há diferenças de distribuição entre homens e mulheres, definindo a forma do corpo.

As gotas de gordura se reúnem formando uma grande gota. Por isso recebe o nome de unilocular. Também é conhecido como gordura amarela, coloração que se deve à gordura, que contém pigmentos e vitaminas.

A gota de gordura ocupa quase todo espaço nos adipócitos, com isso o núcleo assume posição mais periférica e há pouco citoplasma na célula.

Tecido Adiposo Multilocular

Esse tipo de tecido adiposo é responsável pela regulação da temperatura corporal. É encontrado principalmente em animais que hibernam. Nos seres humanos está presente em recém-nascidos, fica restrito a regiões específicas nos adultos.

Recebe o nome de multilocular por causa das várias gotas de gordura suspensas no citoplasma dos adipócitos. Eles ficam com aparência esponjosa quando observados ao microscópio. Também é conhecido como gordura marrom ou parda.

As gotas de gordura ocupam quase todo espaço da célula, restando pouco citoplasma ao redor. O núcleo fica no centro ou na periferia. Também estão presentes muitas mitocôndrias e capilares.

As mitocôndrias transformam a energia dos lipídios em energia térmica. Essa energia é liberada no sangue, aumentando a temperatura corporal e ajudando a acordar os animais em hibernação.

Funções

  • Reserva Energética: a principal função do tecido é de reserva energética. O depósito de gordura é feito nas células adiposas também chamadas adipócitos;
  • Isolante Térmico: ajuda a regular a temperatura corporal, protegendo contra o frio;
  • Preenchimento: é encontrado ao redor de órgãos e preenchendo espaços, de forma que mantém as estruturas fixas no lugar.
  • Proteção contra impactos: evita traumatismos, protegendo os órgãos internos.

Leia Mais:

Características

O tecido conjuntivo adiposo é composto por matriz extracelular e células adiposas, os adipócitos.

A matriz é composta de fibras reticulares (colágeno tipo III) bem finas, que formam redes e não se observam facilmente ao microscópio. Essa substância intercelular envolve os inúmeros adipócitos presentes.

Os adipócitos são células que acumulam gordura no interior. Possuem vasos sanguíneos, especialmente capilares.

Os lipídios ali encontrados são especialmente triglicerídeos (moléculas de glicerol unidas a cadeias de ácidos graxos). Formam gotas suspensas no citoplasma e sem membrana ao redor.