Teníase

Lana Magalhães

A teníase é uma verminose provocada pela forma adulta dos platelmintos Taenia solium e Taenia saginata (tênia).

As duas espécies de tênias possuem como hospedeiro definitivo o homem. A diferença entre elas é o seu hospedeiro intermediário. No caso da T. solium é o porco e para T. saginata é o boi.

As tênias também podem ser chamadas de solitárias, pois apenas uma parasita o hospedeiro. Isso evita a superpopulação de vermes que pode levar à morte do hospedeiro.

A teníase e a cisticercose são verminoses relacionadas e formam o complexo teníase-cisticercose. As duas doenças são provocadas pelos mesmos vermes, em diferentes fases da vida. A cisticercose é causada pelas larvas das tênias, chamadas de cisticercos.

No Brasil, o complexo teníase-cisticercose constitui um sério problema de saúde.

Ciclo da Vida

O ciclo de vida da tênia pode ser resumido nas seguintes etapas:

  1. Os ovos da tênia são eliminados pelas fezes de humanos contaminados. Desse modo, podem contaminar o solo, a água e os alimentos;
  2. Os ovos da tênia podem ser ingeridos pelos hospedeiros intermediários. No caso, o porco ou o boi;
  3. No organismo dos hospedeiros intermediários, os ovos transformam-se em larvas que se alojam nos tecidos;
  4. O homem pode se contaminar ao consumir a carne de porco ou boi contaminada pelas larvas;
  5. As larvas ao serem consumidas pelo homem, alojam-se no intestino delgado e evoluem para a forma adulta, causando a teníase;
  6. Um ser humano infectado pode eliminar milhões de ovos livres nas fezes, os quais podem sobreviver no ambiente por vários meses.

Saiba mais sobre Verminoses.

Transmissão

A transmissão da teníase ocorre através do consumo de carne crua ou mal cozida. A carne nessas condições pode conter os cisticercos.

No caso da cisticercose, a transmissão ocorre quando os animais comem diretamente as fezes contaminadas pelos ovos. Também pode ocorrer quando o homem ou animais comem alimentos ou bebem água contaminados com fezes de portadores da tênia.

Sintomas

Na maioria dos casos, a teníase é assintomática.

Os sintomas que surgem são: dores abdominais, náuseas, vômitos, diarréias, cólicas intestinais, perda de peso e indisposição.

Também podem surgir algumas alterações, tais como: insônia, irritabilidade e inquietação.

Tratamento e Prevenção

O tratamento consiste na utilização de medicamentos antiparasitários, conforme prescrição médica.

Entre as medidas de prevenção, destacam-se:

  • Não ingerir carne crua ou insuficientemente cozida.
  • Consumir apenas água tratada.
  • Lavar bem as mãos, principalmente após usar o banheiro e antes das refeições.
  • Lavar bem os alimentos como verduras, frutas e hortaliças.
  • Não adubar plantações com fezes humanas.
  • Construir sanitários com fossa séptica.

Saiba mais sobre os Platelmintos

Lana Magalhães
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.