Ancilostomose


Ancilostomose, ancilostomíase ou amarelão referem-se a verminose humana causada por duas espécies de nematelmintos, o Ancylostoma duodenale e o Necator americanus.

Estes vermes são pequenos e medem aproximadamente 1 cm a 1,5 cm de comprimento.

Os vermes causadores da ancilostomose estão presentes em todo o mundo. No Brasil, predominam nas áreas rurais sem saneamento básico e onde se tem o hábito de andar descalço.

Larva de Necator americanusNecator americanus

Sintomas

Esta doença é caracterizada por uma infecção intestinal.

Quando os vermes encontram-se no intestino delgado de seus hospedeiros, agarram-se com seus dentes nas paredes intestinais, o que provoca lesões e hemorragias.

Devido à perda de sangue, as pessoas infectadas apresentam a pele amarelada (daí a doença também ser chamada de amarelão) e anemia.

Outros sintomas que podem surgir são: irritação na pele, no local de entrada do verme no corpo, fraqueza, desânimo, perda de peso e lesões pulmonares.

Ciclo de Vida

As formas adultas dos vermes vivem no intestino delgado da pessoa infectada, onde machos e fêmeas copulam e dão origem aos ovos que são eliminados com as fezes.

Caso as fezes entrem em contato com o solo e encontrem condições adequadas, como elevada umidade e temperatura, os ovos eclodem e liberam pequenas larvas. Estas podem viver até 7 dias no ambiente, quando amadurecem e são capazes de infectar um hospedeiro.

As larvas atravessam a pele e entram na corrente sanguínea, até chegar aos pulmões, onde perfuram os alvéolos e sobem pela traqueia. Daí passam a faringe, são engolidas e chegam aos intestinos.

No intestino delgado se estabelecem definitivamente e atingem a maturidade sexual.

Transmissão

As larvas dos vermes liberadas através das fezes humanas podem entrar em contato com o solo.

Assim, a transmissão pode ocorrer através do contato direto das larvas com a pele humana, principalmente na região dos pés, pernas, nádegas e mãos.

Um exemplo comum de contaminação é andar descalço em um solo contaminado.

Os trabalhadores rurais e crianças que brincam na terra podem ser facilmente contaminados.

Formas de Prevenção e Tratamento

  • Medidas de saneamento básico adequadas;
  • Uso de calçados em situações de contato com a terra;
  • Manter atenção ao local de brincadeira das crianças;
  • Tratar adequadamente os doentes para evitar novas contaminações.

Para o tratamento desta verminose podem ser usados medicamentos.