Transporte Fluvial

O Transporte Fluvial,considerado um dos mais antigos da humanidade, é uma das modalidades dos transportes aquáticos ou aquaviários realizada por meio das hidrovias.

Antes de inventarem as embarcações (barcos, barcas, navios, balsas, etc.), os homens já utilizavam os rios como meio de transporte, onde as travessias eram realizadas em troncos de árvores.

Do Latim, o termo “fluvial” (fluvius), significa rio, associado ao verbo “fluere”, que significa fluir.

Transporte Fluvial
Hidrovia utilizada para transporte de carga no rio Mekong, Vietnã

Transportes Aquáticos

Segundos as vias utilizadas, os transportes aquáticos são classificados em:

Para saber mais sobre os Transportes Aquáticos, veja também: Hidrovias

Vantagens e desvantagens do transporte fluvial

Embora sejam transportes lentos, os transportes aquáticos são muito utilizados para o transporte de cargas e pessoas, sendo que apresenta custo operacional reduzido em relação aos outros transportes.

Uma das vantagens é justamente sua enorme capacidade, ou seja, pode transportar grandes quantidades de carga.

Além disso, é um meio de transporte pouco poluente em relação aos outros (rodoviário, ferroviário, etc.), embora seja limitado, visto que necessita das hidrovias para a navegação.

Além disso, geralmente são feitos transporte regional, ou seja, não abrange o país inteiro.

Antes de ser utilizado, o rio passa por uma avaliação de especialistas que conferem se o local é apropriado para navegação (profundidade, relevo, largura, potencial econômico) e construção de uma hidrovia, segundo suas características próprias.

Para aprofundar os conhecimentos sobre o assunto, leia também o texto: Meios de Transporte

Transporte Fluvial no Brasil

O Brasil apresenta cerca de 48 mil km de rios navegáveis com 16 hidrovias e 20 portos fluviais. Assim, o transporte fluvial é um meio bastante utilizado no país, no entanto, muito rios, na época da seca, deixam de ser navegáveis.

Vale ressaltar que muitos problemas ambientais, sobretudo a poluição dos rios (excesso de lixo, derramamento de óleo, etc.), vêm afetando o curso normal das águas, como é o caso do assoreamento do Rio São Francisco, um dos mais importantes do país.

O transporte fluvial é realizado mais ao norte do país. As principais Hidrovias do Brasil são: Hidrovia Tocantins-Araguaia, Hidrovia Solimões-Amazonas, Hidrovia São Francisco, Hidrovia da Madeira, Hidrovia Tietê-Paraná e a Hidrovia Taguari-Guaíba.

Transporte Fluvial no Mundo

No mundo inteiro, o transporte fluvial é muito utilizado para o transporte de cargas e pessoas. Porém, da mesma maneira que no Brasil, muitos cursos de água vêm sofrendo com os problemas ambientais, o que dificulta cada vez mais a navegação.

Muitas hidrovias estão espalhadas pelo mundo: Europa, Estados Unidos, Japão, China, dentre outros.

Para uma abordagem mais infantil, veja: Meios de transportes - Kids.