Vagina


A vagina é um dos órgãos sexuais internos e faz parte do Sistema Reprodutor Feminino dos mamíferos.

Ela consiste em um canal muscular, com cerca de 8 cm de comprimento e 2,5 cm de diâmetro, que liga a vulva ao útero.

Os outros órgãos genitais internos femininos, além da vagina, são: ovários, tubas uterinas e útero.

Localização da vagina
Localização da vagina

Quais as funções da vagina?

A vagina é bastante elástica e contrátil, o que permite a sua expansão. Essa característica permite que a vagina realize as seguintes funções:

  • Canal do parto, por onde sai o bebê;
  • Local em que ocorre a penetração do pênis durante a relação sexual;
  • Permite a passagem do sangue durante a menstruação.

É através do canal da vagina que os espermatozoides percorrem o seu caminho até alcançar o óvulo, e consequentemente ocorrer a fecundação.

Anatomia da vagina

Partes da vagina
Anatomia do órgão sexual feminino

A abertura da vagina é protegida pelos grandes lábios e pela vulva. A vulva faz parte dos órgãos externos da genitália feminina.

A vagina é repleta de terminações nervosas, o que permite a sensação de prazer durante a relação sexual.

As partes da vagina são:

  • Clitóris: órgão sexual feminino relacionado ao prazo sexual da mulher.
  • Hímen: membrana localizada na entrada da vagina. Na maioria das vezes, o hímen é rompido durante a primeira relação sexual.
  • Parede vaginal: a vagina é formada por duas paredes, as quais apresentam três camadas: a mucosa, a muscular e a adventícia.
  • Glândulas de Bartholin: situadas dos dois lados das paredes vaginais, são responsáveis por secretar um líquido claro, viscoso e lubrificante, importante no momento da relação sexual.
  • Colo do útero ou cérvix: localizado no fundo da vagina, representa a porção inferior do útero e onde encontra-se a sua abertura.

Curiosidades

  • A vagina pode se expandir em até 200% durante a excitação sexual e o parto. A elasticidade da vagina vai se perdendo com o passar da idade.
  • O formato da vulva varia de mulher para mulher.
  • A vagina possui mecanismos naturais para se manter limpa.
  • O excesso de limpeza da genitália feminina pode deixá-la mais vulnerável às infecções.

Saiba mais, leia também:

Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.