Vik Muniz

Daniela Diana

Vik Muniz é um artista plástico brasileiro que produz obras voltadas para a sustentabilidade. Além da pintura, ele trabalha com a produção de esculturas e fotografia.

Atualmente, Vik Muniz é conhecido mundialmente por suas obras inusitadas onde utiliza técnicas e materiais como alimentos, algodão, materiais recicláveis, cabelo, arame, serradura, pó, terra, dentre outros.

Biografia de Vik Muniz

Vik Muniz

Vicente José de Oliveira Muniz nasceu em São Paulo no dia 20 de dezembro de 1961.

Estudou Publicidade e Propaganda na FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado). Depois disso, resolveu focar nos estudos voltados para a produção de obras visuais.

No início da década de 80 mudou-se para os Estados Unidos. Viveu durante 1 ano em Chicago e depois em Nova York, onde abriu um ateliê de arte.

Ali, ficou muito conhecido e suas obras foram apresentadas em diversos meios de comunicação, inclusive no conceituado New York Times.

Essas publicações foram essenciais para que o trabalho de Vik fosse reconhecido em outros lugares do globo. A partir disso, museus muito conceituados no mundo contataram o artista.

Isso foi o começo de uma vida artística de sucesso que prevalece até hoje. Vik expôs suas obras em diversos museus o que o tornou cada vez mais renomado. Elas foram expostas no Brasil, Estados Unidos, Canadá, México, Austrália, dentre outros.

Além disso, diversos museus do mundo possuem acervos com suas obras, por exemplo, Minas Gerais, São Paulo, Los Angeles, Londres, Paris, Madri, Tóquio, Moscou, etc.

Principais Obras e Características

Com uma criatividade apurada e o uso de materiais inusitados Muniz produziu diversas obras visuais.

Alguns materiais utilizados por ele são: geleia, chocolate, açúcar, doce de leite, manteiga de amendoim, catchup, gel, xarope, lixo, etc. Para produzir as obras, muitas vezes ele utiliza um conta-gotas.

Muitas de suas obras são reprodução de outras já conceituadas, como a Mona Lisa de Leonardo Da Vinci.

Ademais, retratou diversas figuras como Pelé, Che Guevara, Freud, Barack Obama, Elvis Presley, Seu Jorge, Pollock, dentre outros.

Che Guevara

Che Guevara feito de feijão

Como ele trabalha com diversos materiais perecíveis, depois de prontas, Muniz fotografa e configura as dimensões da imagem.

Vik publicou em 2005 “Reflex - A Vik Muniz Primer”. O livro reúne diversas imagens do trabalho do artista.

Segue algumas de suas obras plásticas:

The Best of Life (1988 e 1990)

The best of life

Sugar Children (1996)

Sugar Children

The Sarzedo Drawings (2002)

The Sarzedo Drawings

Retratos de Revistas (2003)

Retratos de Revista

Projeto Paisagem (2012)

Projeto Paisagem

Lixo Extraordinário

Em 2010 foi lançado o documentário Lixo Extraordinário. Ele retrata o trabalho do artista junto aos catadores de lixo no aterro do Jardim Gramacho em Duque de Caxias, Rio de Janeiro.

Lixo Extraordinário

O documentário foi premiado no Festival de Sundance e no Festival de Berlim e ainda, indicado para o prêmio melhor documentário no Oscar de 2011.

Nas palavras do artista:

A ideia de você criar uma construção a partir de um material, cuja estética, pela associação ao significado do lixo, já está muito poluída, já impregna tudo que não é usável. Você pegar aquilo e fazer uma coisa bonita, você já está recarregando o potencial desses materiais com a promessa de reutilização. Quase tudo é reutilizável.”

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.