Adjunto Adnominal

Márcia Fernandes

Adjunto adnominal é o termo acessório da oração que tem a função de caracterizar ou determinar um substantivo. Isso pode ser feito através de artigos, adjetivos e outros elementos que desempenhem a função adjetiva.

Exemplo:
As melhores receitas foram deixadas pelos nossos avós.

Sujeito: As melhores receitas
Núcleo do sujeito: receitas

As (artigo), melhores (adjetivo) são os adjuntos adnominais do substantivo receita.

Predicado: foram deixadas pelos nossos avós
Agente da passiva: pelos nossos avós
Núcleo do agente da passiva: avós

Os (artigo) da contração por + os é adjunto adnominal de avós. O mesmo acontece com nossos (pronome adjetivo): os e nossos referem-se aos avós.

Como vemos, um único substantivo pode ser caracterizado ou determinado por vários adjuntos adnominais. Neste caso: as, melhores, os e nossos são todos adjuntos adnominais.

Adjunto adnominal e Complemento nominal

O adjunto adnominal se refere somente a substantivos, enquanto o complemento nominal, a nomes (substantivos, adjetivos e advérbios).

A melhor forma de afastar a dúvida quanto se um termo é adjunto adnominal ou complemento nominal é através dos sentidos ativo e passivo que carregam.

ativo: adjunto adnominal
passivo: complemento nominal

Exemplo:
Os elogios da diretora aos estudantes.

Adjunto adnominal: os, da diretora.
Complemento nominal: aos estudantes.

Isso porque a diretora fez os elogios (sentido ativo), enquanto os alunos os receberam (sentido passivo).

Adjunto adnominal e Predicativo

Por vezes, também é comum confundir o adjunto adnominal com o predicativo.

Neste caso, substitua o substantivo (núcleo do termo) por um pronome substantivo. Se o elemento que caracteriza esse substantivo for retirado, esse elemento é adjunto adnominal.

Exemplo:
O recente método de avaliação beneficia os alunos irresponsáveis.

Sujeito: O recente método de avaliação
Predicado: beneficia os alunos irresponsáveis

Ele os beneficia.
Sujeito: Ele
Predicado: os beneficia
Adjuntos adnominais: o, recente, de avaliação, os, irresponsáveis

Leia:

Exercícios

1. (UFPR) Em 'Ele morreu de fome', a expressão sublinhada classifica-se como:

a) adjunto adnominal
b) aposto
c) adjunto adverbial
d) vocativo

Alternativa c: adjunto adverbial

2. (UFMG) A propósito do trecho que segue, aponte a classificação correta referente ao termo em destaque:

Minha bela Marília, tudo passa,
A sorte deste mundo é mal segura
Se vem depois dos males a ventura
Vem depois dos prazeres a desgraça”.

(Tomás Antônio Gonzaga.)

a) vocativo
b) sujeito
c) aposto
d) adjunto adnominal

Alternativa a: vocativo

3. (UFSC) Observe os períodos abaixo e assinale a alternativa em que o lhe funciona como adjunto adnominal:

a) “… anunciou-lhe: Filho, amanhã vais comigo.”
b) O peixe cai-lhe na rede.
c) Ao traidor, não lhe perdoaremos jamais.
d) Comuniquei-lhe o fato ontem pela manhã.
e) Sim, alguém lhe propôs emprego.

Alternativa b: O peixe cai-lhe na rede.

4. (FCMSC-SP) Observe as duas frases seguintes:

I - O proprietário da farmácia saiu.
II - O proprietário saiu da farmácia.

Sobre elas são feitas as seguintes considerações:

I - Na I, "da farmácia" é adjunto adnominal.
II - Na II, "da farmácia" é adjunto adverbial.
III - Ambas as frases têm exatamente o mesmo significado.
IV - Tanto em I como em II, "da farmácia" tem a mesma função sintática.

Destas quatro considerações:

a) apenas uma é verdadeira.
b) apenas duas são verdadeiras.
c) apenas três são verdadeiras.
d) as quatro são verdadeiras.

Alternativa b: apenas duas são verdadeiras.

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora, pesquisadora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos.