Exercícios de adjunto adnominal com gabarito comentado

Márcia Fernandes

O Adjunto adnominal tem a função de caracterizar um substantivo. É um termo acessório, pois apesar de ser importante na transmissão de uma mensagem, a sua remoção de uma oração não interfere na sua estrutura sintática.

Confira 10 exercícios inéditos sobre adjunto adnominal com respostas comentadas por nossos professores especialistas.

Questão 1

Identifique os adjuntos adnominais das orações abaixo.

a) Os inscritos atrasados não puderam entrar.

Os inscritos atrasados não puderam entrar.

Os termos em negrito são adjuntos adnominais, pois eles estão determinando e caracterizando o substantivo "inscritos", que é o núcleo do sujeito nesta oração. Repare que mesmo sem os adjuntos adnominais - que são termos acessórios da oração - "inscritos" continua sendo o núcleo do sujeito.

b) As consequências serão graves.

As consequências serão graves.

Nesta oração, apenas o artigo "as" é adjunto adnominal, pois ele está determinando o substantivo "consequências" (núcleo do sujeito).

"Graves", por sua vez, é predicativo do sujeito, pois além de caracterizar o sujeito, oferece uma informação essencial, ou seja, que não pode ser removida desta oração: "Consequências serão graves.".

c) Os alunos calados estiveram atentos.

Os alunos calados estiveram atentos.

Os termos em negrito são adjuntos adnominais, pois eles estão determinando e caracterizando o substantivo "alunos", que é o núcleo do sujeito nesta oração. Repare que mesmo sem os adjuntos adnominais - que são termos acessórios da oração - "alunos" continua sendo o núcleo do sujeito.

"Atentos", por sua vez, é predicativo do sujeito, pois além de caracterizar o sujeito, oferece uma informação essencial, ou seja, que não pode ser removida desta oração: "Alunos estiveram atentos.".

d) Os funcionários da receção continuaram calados.

Os funcionários da receção continuaram calados.

Os termos em negrito são adjuntos adnominais, pois eles estão determinando o substantivo "funcionários", que é o núcleo do sujeito. Repare que mesmo sem os adjuntos adnominais - que são termos acessórios da oração - "funcionários" continua sendo o núcleo do sujeito, ou seja, apesar de "da receção", por exemplo, ser importante para transmitir a mensagem de forma precisa, a sua omissão, não interfere na estrutura sintática da oração.

"Calados", por sua vez, é predicativo do sujeito, pois além de caracterizar o sujeito, oferece uma informação essencial, ou seja, que não pode ser removida: "Funcionários continuaram calados.".

e) O romance da jovem escritora foi publicado.

O romance da jovem escritora foi publicado.

Os termos em negrito são adjuntos adnominais, pois eles estão determinando e caracterizando o substantivo "romance", que é o núcleo do sujeito nesta oração. Repare que mesmo sem os adjuntos adnominais - que são termos acessórios da oração - "romance" continua sendo o núcleo do sujeito.

"Publicado", por sua vez, é predicativo do sujeito, pois além de caracterizar o sujeito, oferece uma informação essencial, ou seja, que não pode ser removida desta oração: "Romance foi publicado.".

Questão 2

Os termos destacados na oração “O livro da direita é interessante” são respectivamente:

a) adjunto adnominal, adjunto adnominal, predicativo do sujeito.
b) adjunto adnominal, complemento nominal e adjunto adverbial.
c) adjunto adnominal, complemento nominal e predicativo do sujeito.
d) complemento nominal, complemento nominal e adjunto adverbial.
e) complemento nominal, adjunto adnominal e predicativo do sujeito.

Alternativa certa: a) adjunto adnominal, adjunto adnominal, predicativo do sujeito.

"O, da direita" são adjuntos adnominais, pois determinam o substantivo "livro", que é o núcleo do sujeito nesta oração. Repare que mesmo sem os adjuntos adnominais - que são termos acessórios da oração - "livro" continua sendo o núcleo do sujeito.

Por que "da direita" não é complemento nominal? Porque ele não é um termo essencial para completar o sentido do substantivo "livro", ele apenas ajuda a transmitir a mensagem, indicando com precisão de que livro se trata. Assim, "da direita" é adjunto adnominal é um termo dispensável, tal como o artigo que acompanha o substantivo "livro". Sem eles, a oração manteria a sua função sintática: "Livro é interessante.".

"Interessante", por sua vez, é predicativo do sujeito, pois além de caracterizar o sujeito, oferece uma informação essencial, ou seja, que não pode ser removida desta oração: "O livro da direita é ... .".

Questão 3

Em cada oração, substitua os destaques por um adjunto adnominal.

a) Os clientes que não foram compreensíveis saíram.
b) Os jovens que vem do Brasil são muito alegres.
c) O funcionário que estava com gripe foi embora mais cedo.
d) Os alunos que não se comportaram foram castigados.
e) As pessoas que não sabem ler enfrentam problemas diários.

a) Os clientes incompreensivos saíram.
b) Os jovens brasileiros são muito alegres.
c) O funcionário gripado foi embora mais cedo.
d) Os alunos malcomportados foram castigados.
e) As pessoas analfabetas enfrentam problemas diários.

Os termos destacados nas orações acima são adjuntos adnominais, porque estão caracterizando os substantivos que acompanham e não são essenciais nas orações.

Repare que sem os adjuntos adnominais a estrutura sintática permaneceria a mesma, ou seja, "clientes, jovens, funcionário, alunos, pessoas", respectivamente, continuariam sendo o núcleo do sujeito.

Questão 4

Indique os adjuntos adnominais, complementos nominais, predicativos e adjuntos adverbiais das orações abaixo.

a) Aqueles dois jovens roubaram a padaria ontem.

Aqueles dois jovens roubaram a padaria ontem.

Adjuntos adnominais: aquele, dois, a (estes termos determinam os substantivos que acompanham e não são essenciais na oração, podendo ser removidos sem interferir na sua estrutura sintática).

Adjunto adverbial: ontem (este termo completa o sentido do verbo, indicando o tempo em que ele aconteceu, e também é um termo acessório na oração, ou seja, pode ser dispensado).

b) Seus pacientes não chegaram.

Seus pacientes não chegaram.

Adjunto adnominal: seus (este termo determina o substantivo "paciente" e não é essencial na oração, podendo ser removido sem interferir na sua estrutura sintática).

Adjunto adverbial: não (este termo completa o sentido do verbo, indicando que ele não aconteceu, e também é um termo acessório na oração, uma vez que não altera a sua estrutura sintática, embora seja importante para manter o seu sentido).

c) As senhoras simpáticas do interior estão tocando a campainha ensurdecedora.

As senhoras simpáticas do interior estão tocando a campainha ensurdecedora.

Adjuntos adnominais: as, simpáticas, do interior, a, ensurdecedora (estes termos determinam os substantivos que acompanham e não são essenciais na oração, podendo ser removidos sem interferir na sua estrutura sintática: "senhoras" continua sendo o núcleo do sujeito e "campainha" continua sendo o núcleo do objeto).

d) Tenho medo de baratas.

Tenho medo de baratas.

Complemento nominal: de baratas (este completa o sentido do substantivo "medo", sem o qual a oração ficaria inacabada, pois se trata de um termo integrante da oração).

e) Sua resposta é muito vaga.

Sua resposta é vaga.

Adjunto adnominal: sua (este termo determina o substantivo "resposta" e não é essencial na oração, podendo ser removido sem interferir na sua estrutura sintática).

Predicativo do sujeito: vaga (este termo caracteriza o sujeito, oferecendo uma informação essencial, ou seja, que não pode ser removida desta oração: "Sua resposta é ...).

Questão 5

Indique quais orações são verdadeiras ou falsas.

a) Adjunto adnominal é um termo integrante da oração.
b) A função do adjunto adnominal é caracterizar ou determinar um substantivo.
c) O adjunto adnominal pode ser representado por adjetivos, locuções adjetivas, artigos, numerais adjetivos e pronomes adjetivos.
d) Uma das diferenças entre adjunto adnominal e complemento nominal é que o adjunto adnominal tem sentido ativo e o complemento nominal, passivo.
e) Enquanto o adjunto adnominal modifica o verbo, o adjunto adverbial caracteriza um substantivo.

Alternativas verdadeiras:
b) A função do adjunto adnominal é caracterizar ou determinar um substantivo.
c) O adjunto adnominal pode ser representado por adjetivos, locuções adjetivas, artigos, numerais adjetivos e pronomes adjetivos.
d) Uma das diferenças entre adjunto adnominal e complemento nominal é que o adjunto adnominal tem sentido ativo e o complemento nominal, passivo.

Alternativas falsas:
a) Adjunto adnominal é um termo integrante da oração.
O adjunto adnominal é um termo acessório da oração, o que significa, que se ele for removido, a estrutura sintática da oração permanece a mesma.

e) Enquanto o adjunto adnominal modifica o verbo, o adjunto adverbial caracteriza um substantivo.
Ocorre justamente o contrário, ou seja, o adjunto adverbial tem a função de modificar o verbo ou intensificar o verbo, o adjetivo ou o advérbio nas orações. Enquanto isso, o adjunto adnominal tem a função de caracterizar o substantivo).

Questão 6

Indique a oração em que o termo em destaque exerce a função de adjunto adnominal.

a) Os investimentos do governo na saúde deveriam aumentar.
b) João tem ciúmes de Maria.
c) Todos os meus estimados alunos faltaram.
d) A encomenda foi feita hoje.
e) Os seus livros estão em mau estado.

Alternativas certas:

a) Os investimentos do governo na saúde deveriam aumentar.

"do governo" é adjunto adnominal, porque determina o substantivo "investimentos", que é o núcleo do sujeito nesta oração. Repare que mesmo sem o adjunto adnominal - que é um termo acessório da oração -

"investimentos" continua sendo o núcleo do objeto.
"na saúde" é complemento nominal, porque completa o sentido do substantivo "investimento", sem o qual a oração ficaria inacabada, pois se trata de um termo integrante da oração.

c) Todos os meus estimados alunos faltaram.

"Todos", assim como "os, meus, estimados" são adjuntos adnominais, porque eles determinam ou caracterizam o substantivo "alunos", que é o núcleo do sujeito nesta oração. Repare que mesmo sem os adjuntos adnominais - que são termos acessórios da oração - "alunos" continua sendo o núcleo do sujeito.

Quanto às alternativas restantes:

b) João tem ciúmes de Maria.

"de Maria" é complemento nominal, porque completa o sentido do substantivo "ciúme", sem o qual a oração ficaria inacabada, pois se trata de um termo integrante da oração.

d) A encomenda foi feita hoje.

"hoje" é adjunto adverbial de tempo, pois completa o sentido do verbo, indicando o tempo em que ele aconteceu.

e) Os seus livros estão em mau estado.

"mau estado" é predicativo do sujeito, pois além de caracterizar o sujeito, oferece uma informação essencial, ou seja, que não pode ser removida desta oração: "Os seus livros estão ... .".

"Os, seus", por sua vez, são adjuntos adnominais, porque determinam o substantivo "livros" e são termos acessórios da oração.

Questão 7

Quantos adjuntos adnominais há em cada oração abaixo? Identifique-os.

a) Os filhos gêmeos da Joana já se formaram.
b) A nova série parece interessante.
c) O professor foi homenageado pelos alunos.
d) Escreveu livros que eram encantadores.
e) Os leitores ficaram encantados.

a) Os filhos gêmeos da Joana já se formaram.
3 adjuntos adnominais: os, gêmeos, da Joana.

b) A nova série parece interessante.
2 adjuntos adnominais: a, nova.

c) O professor foi homenageado pelos alunos.
2 adjuntos adnominais: o, os.

d) Escreveu livros que eram encantadores.
0 adjunto adnominal.
"Encantadores" é predicativo do sujeito "livros", pois além de caracterizar o sujeito, oferece uma informação essencial, ou seja, que não pode ser removida desta oração: "Escreveu livros que eram ... .".

e) Os leitores ficaram encantados.
1 adjunto adnominal: os.

Os termos destacados acima determinam ou caracterizam os substantivos que acompanham e não são essenciais na oração, podendo ser removidos sem interferir na sua estrutura sintática.

Questão 8

Identifique a oração em que TODOS os termos em destaque são adjuntos adnominais.

a) Infelizmente, estamos atrasados.
b) A casa azul da esquina foi vendida.
c) Desejou que um forte raio atingisse a sua terrível cabeça.
d) Telefonemas de clientes insatisfeitos são complicados.
e) Dez concorrentes desistiram antes da entrevista.

Alternativa certa: c) Desejou que um forte raio atingisse a sua terrível cabeça.

Os termos em negrito são adjuntos adnominais, pois eles estão determinando e caracterizando os substantivos "raio"e "cabeça", que são os núcleos dos objetos nesta oração. Repare que mesmo sem os adjuntos adnominais - que são termos acessórios da oração - "raio" e "cabeça" continuam sendo o núcleo dos objetos.

Quanto às alternativas restantes:

a) Infelizmente, estamos atrasados.
Infelizmente: é adjunto adverbial.
Atrasados: predicativo do sujeito.

b) A casa azul da esquina foi vendida.
A, azul, da esquina: adjuntos adverbiais.
Vendida: predicativo do sujeito.

d) Telefonemas de clientes insatisfeitos são complicados.
De clientes insatisfeitos: adjuntos adverbiais.
Complicados: predicativo do sujeito.

e) Dez concorrentes desistiram antes da entrevista.
Dez: adjunto adnominal.
Antes: adjunto adverbial.

Questão 9

Os termos destacados na oração “Os pais orgulhosos sentaram-se à frente” são respectivamente:

a) predicativo, adjunto adnominal e adjunto adnominal.
b) adjunto adnominal, complemento nominal e adjunto adverbial.
c) adjunto adnominal, adjunto adnominal e adjunto adverbial.
d) adjunto adnominal, complemento nominal e predicativo.
e) complemento nominal, adjunto adnominal e adjunto adnominal.

Alternativa certa: c) adjunto adnominal, adjunto adnominal e adjunto adverbial.

"Os, orgulhosos" são adjuntos adnominais, pois eles estão determinando e caracterizando o substantivo "pais", que é o núcleo do sujeito nesta oração. Repare que mesmo sem os adjuntos adnominais - que são termos acessórios da oração - "pais" continua sendo o núcleo do sujeito.

"À frente" é adjunto adverbial de lugar.

Questão 10

A triste memória atingiu o seu coração em silêncio

Com relação à oração acima, indique as alternativas certas.

a) O núcleo do sujeito é "memória"
b) O adjunto adnominal do sujeito é "a, triste".
c) "em silêncio" é complemento nominal.
d) "seu" é adjunto adnominal do objeto direto.
e) A oração tem 4 adjuntos adnominais: a, triste, o, seu.

Alternativas certas:
a) O núcleo do sujeito é "memória"
b) O adjunto adnominal do sujeito é "a, triste".
d) "seu" é adjunto adnominal do objeto direto.
e) A oração tem 4 adjuntos adnominais: a, triste, o, seu.

Alternativa errada:
c) "em silêncio" é complemento nominal. ("em silêncio" é adjunto adverbial de modo).

Para você entender melhor sobre adjunto adnominal:

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora, pesquisadora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos.