O que é Atitude Filosófica?

Pedro Menezes

A Atitude Filosófica é um conceito que significa, acima de tudo, romper com o senso comum e olhar com espanto o que há de mais trivial em nosso cotidiano. A problematização da realidade é o ponto central e o motor da filosofia.

Lembrando que a filosofia nasceu na Grécia antiga por volta do final do século VII a.C. como um questionamento ao conhecimento tradicional baseado nos mitos e na crença.

O senso comum grego assumia uma consciência mítica e tomava como evidentes as explicações baseadas nas narrativas dos mitos.

O Espanto

Banksy Flower thrower
Banksy, Flower Thrower (Atirador de Flores). A Atitude Filosófica tende a contestar o habitual e pensar de forma nova o comum

A filosofia nasce do espanto. A atitude do filósofo é a de encarar como inédito tudo e todas as coisas. Se posiciona com distanciamento, perde o costume, o hábito. Percebe-se como ignorante, sendo necessário investigar para conhecer.

Segundo Aristóteles:

De fato, os homens começaram a filosofar, agora como na origem por causa da admiração, na medida em que, inicialmente, ficavam perplexos diante das dificuldades mais simples.

O espanto, essa admiração e perplexidade referida por Aristóteles, é o que tira o indivíduo da inércia e o lança à busca pelo conhecimento.

No Mito da Caverna, metáfora proposta por Platão, o filósofo também afirma a importância do olhar crítico sobre a realidade e a necessidade da busca por novos saberes.

O Questionamento

Banksy Kissing Coppers
Banksy, Kissing Coppers (Policiais Beijando). A Atitude Filosófica consiste no questionamento e na reflexão sobre alternativas

A Atitude Filosófica possui como ponto de partida a negação do comum e o questionamento. Dizer não aos hábitos e costumes para só depois de passar pelo crivo da razão, afirmar ou concordar com algo.

Negar as certezas do senso comum é o primeiro momento do método proposto pela filosofia. Negar é questionar, é prever uma outra possibilidade.

Sócrates, filósofo grego, conhecido como o "pai da filosofia" tinha no questionamento a base para a busca do conhecimento verdadeiro.

Segundo seus discípulos, dentre eles Platão, o filósofo não fazia afirmações, pois acreditava que não se pode ensinar nada a ninguém. A própria pessoa deve refletir e encontrar por ela mesma as respostas para os diferentes problemas.

Uma vida sem reflexão não vale a pena ser vivida.

O Espírito Crítico

Banksy - Girl Searching Soldier
Banksy, Girl Searching Soldier (Menina Revistando Soldado). O espírito crítico move o filósofo em direção ao desconhecido

O espírito crítico é o fundamento da Atitude Filosófica. A incerteza constante que acompanha aquele que trilha o caminho do conhecimento, sendo então chamado de filósofo.

Por fim, filósofo é todo aquele que desperta em si a necessidade da mudança. A inquietude e o amor ao conhecimento levam os indivíduos a filosofar, questionar suas certezas e propor um conhecimento mais apurado sobre a realidade.

Interessou? O Toda Matéria tem outros textos que podem te ajudar:

Pedro Menezes
Pedro Menezes
Licenciado em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e Mestrando em Ciências da Educação pela Universidade do Porto (FPCEUP).