Cavalo-marinho


O cavalo-marinho é um pequeno peixe ósseo, que apresenta cabeça alongada, parecida com a de cavalos.

Em geral, os cavalos-marinhos tem pouco mais de 15 cm.

O cavalo-marinho possui pequenas barbatanas, o que não permite nadar contra a correnteza. Assim, ele prefere ambiente de águas tranquilas e rasas. Esse fato também o torna mais vulnerável à pesca predatória.

A alimentação dos cavalos-marinhos é composta de pequenos crustáceos.

O cavalo-marinho pertence à família Syngnathidae. No Brasil, são encontradas duas espécies: Hippocampus reidi e Hippocampus erectus. Sendo H. reidi a mais comum.

Atualmente, o cavalo-marinho encontra-se ameaçado de extinção devido à pesca predatória e a degradação de seu habitat. Os cavalos-marinhos costumam ser comercializados vivos para uso em aquários ou secos para fins decorativos.

Saiba mais sobre os Peixes.

Reprodução do cavalo-marinho

Provavelmente, a característica mais peculiar do cavalo-marinho é o fato dos machos ficarem grávidos. As fêmeas transferem seus óvulos para uma bolsa incubadora presente nos machos.

Quando os ovos são transferidos, os machos liberam seu esperma na bolsa incubadora, fertilizando-os. Trata-se de uma fecundação interna. O macho carrega os ovos por aproximadamente dois meses, o período da gestação, até o momento que são eclodidos da bolsa incubadora.

Cavalo-marinho grávidoCavalo-marinho grávido

Leia o artigo sobre Animais Ovovivíparos.

Curiosidades

  • Os cavalos-marinhos podem mudar de cor e se camuflar. Essa condição ajuda na defesa contra os seus predadores.
  • Os cavalos-marinhos possuem dois olhos que podem se movimentar de forma independente um do outro.
  • Na natureza, eles podem viver de 5 a 7 anos.