Tubarão-Branco

O tubarão-branco (Carcharodon carcharias, nome científico) é uma das maiores espécies encontradas atualmente e o maior entre os tubarões predatórios. Ele está no topo da cadeia dos oceanos.

A espécie impressiona por seu tamanho, podendo atingir até 7 metros de comprimento e pesar cerca de 2,5 toneladas.

É comumente encontrado nas regiões costeiras de todo o mundo, sobretudo, em águas temperadas. Apesar de ser relativamente inofensivo para os humanos, o tubarão-branco ganhou fama nos cinemas e é um dos animais mais temidos do mundo.

Características do tubarão-branco

O carcharodon carcharias, nome científico do tubarão-branco, é uma das maiores espécies de peixes do planeta. Seu comprimento e peso médio é de 5 metros e 1,5 toneladas, respectivamente. Na espécie, as fêmeas são maiores que os machos.

Os tubarões são peixes cartilaginosos, suas escamas não são iguais aos dos peixes comuns, são chamadas de dentículos dérmicos. Essas micro-escamas dão um aspecto liso à pele de tubarões e raias.

tubarão branco
Grande tubarão branco e suas cicatrizes de caçada

Os tubarões-brancos possuem a cartilagem inferior (barriga) branca, que lhe rende esse nome. Entretanto, seu dorso é de cor cinzenta ou azulada.

Diferente de outras espécies de peixe, os tubarões-brancos não possuem bexiga natatória, isso os obrigam a estar em constante movimento para não afundar no mar.

Apesar do difícil acompanhamento dos indivíduos das espécies, cientistas estimam que os tubarões-brancos possam viver até 70 anos.

Classificação do tubarão-branco

Reino Filo Classe Ordem Família Gênero Espécie
Animalia Chordata Chondrichthyes Lamniformes Lamnidae Carcharodon C. carcharias

Hábitos alimentares do tubarão-branco

Normalmente, eles se alimentam de outros animais marinhos, situando-os no topo da cadeia alimentar. Os ataques a seres humanos são incomuns e, em geral, são sinais de algum desequilíbrio ambiental.

Os tubarões-brancos adultos tendem a se alimentar de mamíferos como as focas e leões-marinhos, também se alimentam de restos de baleias mortas, mesmo em estado de decomposição.

Uma curiosidade acerca do tubarão-branco é o seu modo particular de caça. Diferentes de outras espécies de tubarão, que rodeiam a presa esperando o melhor momento para o ataque, os tubarões-brancos atacam suas presas verticalmente, de baixo para cima.

Dentes do tubarão branco
Boca de um tubarão branco e suas fileiras de dentes afiados

Ataques de tubarão-branco

Apesar de serem animais muito agressivos, fortes e amedrontadores, os tubarões-brancos não são a espécie que mais oferecem riscos aos seres humanos.

Estudos mostram que, ao longo da história, raros foram os casos de ataques de tubarão-branco a pessoas. Outras espécies, como o tubarão-tigre, possuem mais ocorrências.

Os tubarões mostram-se quase inofensivos se comparados a animais como os mosquitos, abelhas ou hipopótamos que, por ano, matam centenas de pessoas.

Parte de sua fama de caçador de humanos vem, principalmente, dos cinemas, como nos filmes da série "Tubarão" (Jaws), de Steven Spielberg.

Nos filmes, tubarões-brancos levam o pânico a banhistas e pescadores da costa norte-americana. Junto, é claro, com a música composta por John Williams para o filme, que cumpria a função de aumentar o suspense e o medo dos tubarões.

Interessou? Leia também:

Referências Bibliográficas

KLIMLEY, A. Peter; AINLEY, David G. (ed.). Great white sharks: the biology of Carcharodon carcharias. Academic Press, 1998.

Atualizado em