10 dicas de estudo para você arrasar no Enem

Carla Muniz

Quem está se preparando para o Enem precisa estudar muito, afinal esse exame cobra conhecimentos aprendidos ao longo de todo o Ensino Médio, o que quer dizer que estamos falando de muito conteúdo.

Para que seu estudo seja o mais eficiente possível, o ideal é se organizar e seguir um planejamento.

Pensando em você, que se inscreveu no Enem deste ano, o Toda Matéria tem algumas dicas que podem te ajudar a alavancar os seus estudos.

mesa de estudos

1. Monte um cronograma de estudos

Faça uma lista de todos os temas que precisa estudar e distribua-os por dias diferentes. Desta forma, você certamente otimizará os seus dias.

Imprima o seu cronograma de estudo e coloque-o em um local visível. Se preferir, pode, por exemplo, fixá-lo em um quadro. Isso o ajudará a manter o foco e a voltar a se concentrar toda vez que olhar o seu plano de estudos.

2. Escolha um local para estudar

Procure o local ideal para poder se concentrar nos seus estudos. Dê preferência a um local tranquilo e confortável, e que não o distraia.

Se o local escolhido por você for um local público (como, por exemplo, uma biblioteca), não esqueça de imprimir seu plano de estudos e deixá-lo em um local visível.

3. Defina horários e respeite-os

Faça uma lista de todas as atividades que você tem durante cada dia da semana, tendo em conta também um intervalo de tempo entre cada uma delas. Estipule o período de tempo durante o qual planeja estudar e respeite-o.

Não faça outras atividades nesse horário para não interromper a sua linha de raciocínio e, consequentemente, não comprometer o seu aprendizado. Não esqueça de respeitar os intervalos definidos entre atividades; estudar muitas horas seguidas não é sinal de estudar eficientemente.

4. Defina prioridades

Ao fazer seu plano de estudos, não é preciso estipular o mesmo período de tempo para todas as disciplinas.

Se você sabe que tem muito mais facilidade em determinado tema, é válido que você reserve um tempo inferior para ele, deixando assim mais tempo disponível para algum assunto que lhe dê mais dor de cabeça.

5. Escreva no mínimo uma redação por semana

A melhor forma de aprender é praticando. Leia bastante, pois isso é fundamental para a redação de um bom texto e tente, por exemplo, escrever sobre o assunto lido.

Não se esqueça que, quanto mais você praticar, melhor. Afinal, como já diz o ditado, “a prática faz a perfeição”.

6. Resolva provas antigas

Separe duas horas em cada semana para testar seus conhecimentos fazendo provas antigas.

Essa é uma ótima forma de se ambientar ao tipo de questão cobrada no exame, além do que é uma forma eficiente de estudo.

7. Avalie seu plano de estudos

Ao fim de cada semana, após fazer provas antigas, reavalie o seu plano de estudos para verificar se é necessário algum tipo de ajuste.

Nessa altura, você pode chegar à conclusão de que é preciso reduzir o tempo definido para determinados temas e aumentar o tempo de outros, consoante as suas necessidades.

8. Faça simulados

Pelo menos uma vez por mês, separe um tempo para fazer um simulado.

Dessa forma, você poderá facilmente identificar qual tema está causando mais problemas e quais assuntos você já domina e, assim, reorganizar o seu cronograma.

9. Reveja os conteúdos principais

Separe o sábado para rever os conteúdos principais que você estudou durante a semana.

A revisão é essencial para o aprendizado, por isso, não confie tanto na sua memória, reveja o que for possível.

10. Tire o domingo para não estudar

Pratique uma atividade física, passeie, bata um papo com amigos, participe de um convívio em família, veja televisão, ... resumindo: faça qualquer coisa que deixe você bem, descontraído e relaxado.

Tire esse dia para se desligar totalmente dos estudos e limpar a mente.

Bons estudos e boa sorte!

Carla Muniz
Carla Muniz
Professora, lexicógrafa, tradutora, produtora de conteúdos e revisora. Licenciada em Letras (Português, Inglês e Literaturas) pelas Faculdades Integradas Simonsen, em 2002.