Dórios


Os dórios ou dóricos são um dos povos indo-europeus da antiguidade que contribuíram para o desenvolvimento da cultura grega, ao invadirem o território da hélade.

Além deles, os aqueus, jônios e eólios foram outros grupos étnicos responsáveis pela produção da cultura grega. Na “Odisseia” uma das principias obras do escritor grego Homero, eles são mencionados como “dóricos”.

Resumo

Por volta de 1200 a.C., os dórios habitaram diversas regiões da Grécia que, aos poucos foram conquistando, nas regiões da Ática, Peloponeso, Ilha de Creta. Os dórios tinham uma cultura e um dialeto próprios, embora não dominasses a escrita.

Com forte característica militar, eles chegaram a dominar diversas partes de maneira violenta, destruindo e incendiando cidades da cultura micênica ao matarem diversas pessoas.

Isso propiciou a miscigenação dos povos e a mescla de culturas das civilizações que já existiam na região: aqueus, jônios e os eólios.

Muitas cidades foram fundadas pelos dórios as quais se transformaram em importantes núcleos urbanos: Argos, Corinto, Mégara e Rodes. No entanto, a maneira belicosa dos dórios fez com que a cultura grega atingisse tal retrocesso e por esse motivo, o período ficou conhecido como “Idade das Trevas” na Grécia.

Como consequência da invasão dórica, diversas pessoas se dispersaram e fugiram para outros locais. Esse movimento ficou conhecido como “Primeira Diáspora Grega”. Isso possibilitou a criação de diversas cidades-estado e uma nova organização na estrutura social que, mais tarde, seria comandada pelos Genos (unidades familiares).

Vale lembrar que grande parte dos espartanos que viviam em Esparta eram de origem dórica, o que explica o caráter belicoso da sociedade espartana. Esse ataque truculento, pôs era fim ao período pré-homérico da história grega.

Aprofunde seus conhecimentos no assunto, com a leitura dos textos: