Fases do Capitalismo

Juliana Bezerra

O Capitalismo é um sistema econômico que está dividido em três fases:

Características do Capitalismo

Segue abaixo as principais características do Capitalismo:

  • Propriedade privada
  • Controle estatal da economia
  • Lucro
  • Relações de poder
  • Trabalho assalariado

Resumo

O sistema capitalista teve início no século XV, com a decadência do sistema feudal. Vale lembrar que o feudalismo foi uma organização econômica, política, social e cultural baseada na posse da terra, que dominou a Europa na Idade Média (V ao século XV) após a crise do império romano.

Uma das principais características do sistema feudal era a sociedade estamental, ou seja, dividida em estamentos (camadas sociais estanques) e destituída de mobilidade social. Nesse sentido, os dois grandes grupos sociais existentes eram basicamente os senhores feudais e os servos. Acima dos senhores feudais estavam os Reis e a Igreja.

O senhor feudal administrava os feudos possuindo o poder político local, e portanto, tendo total autonomia sobre as terras, enquanto os servos trabalhavam nos feudos (grandes extensões de terra).

A produção feudal era autossuficiente posto que se destinava ao consumo local de seus habitantes e não às trocas comerciais. Observe que a economia feudal era baseada nas trocas de produtos e por isso, não existiam moedas de circulação.

A decadência do sistema feudal ocorreu por diversos motivos:

  • expansões ultramarinas do século XV
  • crescimento das cidades
  • aumento da população
  • surgimento das feiras livres
  • desenvolvimento do comércio
  • surgimento de uma nova classe social (a burguesia)

Esses fatores levaram a aparição da moeda como valor de troca e, consequentemente, ao surgimento do sistema capitalista. Essa mudança representou o fim da Idade Média e início da Idade Moderna.

A aliança entre os reis e da burguesia mercantil foram essenciais para a decadência do sistema feudal, os quais foram assumindo o controle estatal da economia nacional, com o intuito de fortalecer ainda mais o poder central e obter os recursos necessários para expandir o comércio.

Saiba como foi a Transição do Feudalismo para o Capitalismo.

Capitalismo Comercial ou Mercantil

De tal modo, o controle estatal da economia tornou-se a base do mercantilismo, o qual esteve baseado nas trocas comerciais com a finalidade de enriquecimento.

Assim, nessa fase inicial, o capitalismo era considerado um pré-capitalismo baseado no sistema mercantilista. No capitalismo mercantil surge a moeda e além do controle estatal da economia, as principais características do mercantilismo eram:

  • o monopólio comercial
  • o metalismo (acúmulo de metais preciosos)
  • o protecionismo (surgimento de barreiras alfandegárias)
  • a balança comercial favorável (exportar mais do que importar: superávit).

Capitalismo Industrial ou Industrialismo

Com a Revolução Industrial do século XVIII, o surgimento da máquina movida à vapor e a expansão das indústrias, o capitalismo atinge uma nova fase, chamada de Capitalismo Industrial ou Industrialismo.

As alterações dos sistemas de produção estiveram marcadas pela substituição de produtos manufaturados para os industrializados, os quais foram tomando conta do cenário mundial por meio do desenvolvimento do sistema fabril de produção e da explosão demográfica nos grandes centros urbanos (urbanização).

Em outras palavras, o trabalho manual é, nesse momento, realizado em grandes escalas de produção donde as máquinas substituem a força do homem.

Essa fase que durou até o século XIX estava baseada no liberalismo econômico (o mercado e a livre concorrência sem intervenção do Estado economia) e teve como principais características:

  • A expansão e o desenvolvimento dos transportes
  • O aumento da produtividade
  • Diminuição nos preços das mercadorias
  • A ampliação da classe operária
  • Ampliação das relações internacionais
  • O surgimento do Imperialismo e da Globalização
  • O excedente de produção
  • A aceleração do sistema fabril
  • Saturação dos mercados
  • Acumulação de capital gerada pelos excedentes na Indústria

Entenda o funcionamento da Economia de Mercado.

Note que a aceleração dos processos industriais trouxe diversos problemas à população, desde condições precárias de trabalho, com as intensas horas de trabalho, os baixos salários e o aumento do desemprego, o que mais tarde levaria à Primeira Guerra Mundial (1914-1918).

Capitalismo Financeiro ou Monopolista

Já a terceira fase do capitalismo, denominada de Capitalismo Financeiro ou Monopolista, surge no século XX, mais precisamente após a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), com a expansão da globalização e o advento da segunda revolução industrial.

Além das Indústrias que dominaram o cenário do capitalismo industrial, nesse momento, o sistema está fundamentado nas leis dos bancos, das empresas multinacionais e das grandes corporações por meio do monopólio financeiro.

Sendo assim, as principais características do capitalismo monopolista, que vigora até os dias atuais são:

  • O monopólio e oligopólio comercial
  • Expansão da Globalização e do Imperialismo
  • Expansão das novas tecnologias e das fontes de energia
  • Acelerada urbanização e aumento do mercado consumidor
  • Aumento da concorrência internacional
  • A expansão das empresas transnacionais ou multinacionais (empresas globais)
  • A especulação financeira e economia de mercado
  • Investimento em ações empresariais
  • Fusão entre capital bancário e capital industrial

Alguns estudiosos acreditam que o capitalismo já entrou numa quarta fase com a expansão das tecnologias de informação denominada de Capitalismo Informacional ou Cognitivo.

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.