Questões sobre Capitalismo

Pedro Menezes

Teste seus conhecimentos sobre o capitalismo, seu desenvolvimento, principais fases e conceitos importantes com exercícios desenvolvidos e comentados por nossos especialistas.

Questão 1

"Não é da benevolência do açougueiro, do cervejeiro e do padeiro que esperamos o nosso jantar, mas da consideração que ele tem pelos próprios interesses. Apelamos não à humanidade, mas ao amor-próprio, e nunca falamos de nossas necessidades, mas das vantagens que eles podem obter."
Adam Smith, A Riqueza das Nações

Adam Smith foi um economista britânico que estruturou os princípios fundamentais do capitalismo. Segundo sua doutrina o "interesse próprio" (self-interest) seria o motor pelo qual o desenvolvimento social e econômico ocorreria.

Segundo a doutrina proposta por Adam Smith os aspectos econômicos, sociais e políticos seriam controlados pela:

a) intervenção do Estado
b) mão invisível do mercado
c) autoridade do Estado
d) liberdade ilimitada dos cidadãos

Alternativa correta: b) mão invisível do mercado

Para Adam Smith, as leis deveriam ser organizadas para preservar a liberdade dos cidadão e permitir que os interesses de cada um regulassem-se entre si, de acordo com as leis da oferta e da demanda.

Para ele, o produtor possui o interesse de produzir cada vez mais e melhor para obter mais lucro. Por outro lado, o consumidor possui o interesse de comprar um produto de melhor qualidade pelo menor preço possível.

A interação entre essas forças seria suficiente para atingir um equilíbrio benéfico para toda a sociedade. O interesse próprio, egoísta, característica natural dos seres humanos, seria canalizado para o bem social.

Esta "mão invisível" regula todas essas relações econômicas e de trocas de mercadoria, se expandindo para o contexto das relações políticas e sociais.

Saiba mais em: Adam Smith.

Questão 2

"O vício inerente ao capitalismo é o compartilhamento desigual de bênçãos. A virtude inerente ao socialismo é a partilha igual de misérias."
Winston Churchill

Essa famosa frase de Winston Churchill, ex-primeiro-ministro britânico, faz uma crítica ao modelo socialista. Isso se dá porque para Churchill:

a) a liberdade do mercado traz benefícios apesar das desigualdades, enquanto a socialização dos meios de produção gera um empobrecimento da sociedade.
b) Afirma que o capitalismo possui vícios e o socialismo, apenas virtudes.
c) o sistema capitalista é incapaz de controlar suas contradições e deve ser abolida a propriedade privada.
d) o capitalismo é uma benção a partir de seu compartilhamento de riquezas, enquanto o socialismo tende à miséria por não fortalecer o Estado.

Alternativa correta: a) a liberdade do mercado traz benefícios apesar das desigualdades, enquanto a socialização dos meios de produção gera um empobrecimento da sociedade.

Winston Churchill, ex-primeiro-ministro britânico, foi um político conservador adepto do liberalismo econômico. Para ele, o socialismo teria como fundamento a abolição da riqueza ao impedir o direito à propriedade privada dos meios de produção.

Esse processo teria como consequência o empobrecimento geral da sociedade socialista. Ao contrário, o capitalismo, garantindo o direito à propriedade, proporcionaria a produção de riqueza e a extinção gradativa da pobreza.

Entenda melhor lendo: Diferenças entre Capitalismo e Socialismo.

Questão 3

A economia de mercado prega a total liberdade de seus participantes, para o floxo de trocas de mercadorias e o mínimo de intervenção estatal.

Nesse modelo, a lei fundamental que deve regular toda a economia é a:

a) lei da oferta e procura.
b) lei do mais forte.
c) lei trabalhista.
d) lei do retorno.

Alternativa correta: a) lei da oferta e procura.

A economia de mercado é o modelo econômico centrado na lei da oferta e da procura.

Assim, de acordo com a necessidade dos consumidores e da capacidade produtiva da indústria, o mercado consegue regular a si mesmo.

Capaz aumentar a eficiência da produção e a manutenção dos preços, regulando a inflação, os juros e possibilitando o acesso aos bens de consumo ao maior número possível de pessoas.

Saiba mais com: Economia de Mercado.

Questão 4

O capitalismo, ao longo do tempo, atravessou diversas fases marcadas por:

I. Balança comercial favorável, surgimento e ascensão da burguesia.
II. Revolução no modo de produção e desenvolvimento do setor fabril.
III. Centralidade nos bancos e nas grandes corporações multinacionais.

Essas três fases descritas acima representam, respectivamente, as características principais do:

a) capitalismo financeiro, capitalismo industrial e capitalismo comercial.
b) capitalismo comercial, capitalismo monopolista e capitalismo informacional.
c) capitalismo comercial, capitalismo industrial e capitalismo financeiro.
d) capitalismo financeiro, capitalismo informacional e capitalismo comercial.

Alternativa correta: c) capitalismo comercial, capitalismo industrial e capitalismo financeiro.

O capitalismo possui três grandes fases que definem o seu desenvolvimento:

1. O capitalismo comercial ou mercantilismo, também chamado de pré-capitalismo, era baseado na troca de mercadorias entre os países com o objetivo de exportar (vender) mais do que importar (comprar). Para isso, foram criadas barreiras alfandegárias para beneficiar a produção interna. Esse também é o período da ascensão da burguesia.

2. O capitalismo industrial ou industrialismo surge a partir das revoluções industriais. Assim, os produtos manufaturados perdem força e os produtos industrializados, feitos em maior quantidade e em menos tempo transformam o modo de produção, a economia e a estrutura social.

3. O capitalismo financeiro ou monopolista se desenvolve a partir da Segunda Guerra Mundial. Nessa fase, mantém-se a alta produção industrial, mas agora controlada por empresas multinacionais, corporações e os bancos, que assumem o monopólio das movimentações financeiras.

Veja mais em: Fases do Capitalismo.

Questão 5

O capitalismo comercial, também chamado de mercantilismo, que vigorou após o fim do feudalismo é marcado pelo surgimento de uma nova classe social e a mudança no modo de produção. A terra perde sua centralidade como garantia de riqueza e prosperidade.

Qual classe social tem sua ascensão nesse período e qual o objetivo central do capitalismo comercial?

a) Burguesia e balança comercial favorável.
b) Burguesia e desenvolvimento do estado de bem-estar social.
c) Nobreza e globalização.
d) Nobreza e balança comercial favorável.

Alternativa correta: a) Burguesia e balança comercial favorável.

O capitalismo comercial ganha forma com o fim do período feudal. Assim, a terra deixa de ser o fator que representa a riqueza e passa a ser compreendida como um bem, a partir do seu valor enquanto mercadoria.

Essa mudança transfere a centralidade do sistema para o comércio e a troca de mercadorias. Isso abre espaço para a acensão da classe social dos comerciantes, a burguesia e com ela a determinação do valor através do lucro e da acumulação.

Assim, o objetivo do sistema deixa de ser estritamente territorial e se dá a partir da acumulação de capital. Um volume maior de exportações que o de importações garantem um superávit e beneficiam a economia dos países. Essa balança comercial será favorável sempre que o total arrecadado for maior que o total gasto.

Veja também: Capitalismo Comercial.

Questão 6

"A primeira condição para o estabelecimento da paz perpétua é, certamente, a adoção geral dos princípios do capitalismo laissez-faire."
Ludwig von Mises, Governo Onipotente

Qual a alternativa que melhor representa as características do capitalismo laissez-faire?

a) O sujeito como agente de mudança da história, abolição da propriedade privada e fortalecimento do Estado frente à economia de mercado.
b) Submissão do indivíduo à coletividade, autorregulação do mercado e construção de uma sociedade sem classes.
c) Liberdade total e irrestrita para os indivíduos, para o mercado e maior intervenção do Estado na economia.
d) O indivíduo é o agente econômico fundamental, liberdade de mercado e o papel do Estado restrito à proteção do direto à propriedade e manutenção da paz.

Alternativa correta: d) O indivíduo é o agente econômico fundamental, liberdade de mercado e o papel do Estado restrito à proteção do direto à propriedade e manutenção da paz.

O laissez-faire (em francês, "deixai fazer") representa o espírito do liberalismo. A partir dessa concepção, compreende-se o indivíduo como a estrutura básica da sociedade, dotado de liberdade, possui o direito natural à propriedade.

Assim, o Estado possui um papel restrito, não devendo intervir na economia, apenas em casos específicos em que possa estar em risco a liberdade dos cidadãos.

Saiba mais em: Liberalismo Econômico.

Questão 7

O modelo de produção desenvolvido por Henry Ford representou um avanço no modo produtivo e o apogeu do capitalismo industrial, que possibilitou o início de uma nova fase do capitalismo, monopolista.

Esse processo, chamado de fordismo, é caracterizado por:

a) Organização de artesãos em cooperativas, produção customizada e destinada a consumidores de alto poder aquisitivo.
b) Desenvolvimento de planos quinquenais, produção destinada a suprir as necessidades da população e o controle estatal da indústria.
c) Aplicação de linhas de montagens semiautomáticas, redução dos custos de produção e aumento da oferta de produtos.
d) Automação do processo produtivo, extinção da estocagem e produção sob encomenda.


Alternativa correta: c) Aplicação de linhas de montagens semiautomáticas, redução dos custos de produção e aumento da oferta de produtos.

O fordismo representou uma forte mudança no modelo produtivo estabelecido. A racionalização da produção permite um salto de produtividade associado à drástica diminuição dos custos produtivos.

Assim, produzindo-se mais por um menor custo, é possível atingir um maior mercado consumidor e ter uma maximização dos lucros.

Veja também: Fordismo.

Questão 8

O neoliberalismo é uma das principais tendências do capitalismo contemporâneo. De acordo com as características do neoliberalismo, considere as afirmações abaixo como verdadeiras (V) ou falsas(F):

I. Privatização de empresas estatais
II. Livre circulação de capitais internacionais
III. Abertura econômica para a entrada de empresas multinacionais
IV. Forte intervenção do Estado na economia
V. Adoção de medidas contra o protecionismo econômico

Qual a alternativa correta?

a) V, F, V, F, V.
b) V, V, V, F, V.
c) F, V, V, V, F.
d) V, V, F, F, V.

Alternativa correta: b) V, V, V, F, V.

I. VERDADEIRA. O neoliberalismo prega o Estado mínimo. Por isso, a administração de empresas deve ser uma tarefa do setor privado com o mínimo possível ou ausência de intervenção do Estado.

II. VERDADEIRA. O fluxo de capital financeiro internacional é o que possibilita que os investimentos sejam realizados por todo o globo.

III. VERDADEIRA. A partir do processo de globalização a formação e instalação de empresas multinacionais visa permitir a maior eficiência da produção ao menor custo.

IV. FALSA. As políticas neoliberais rejeitam a intervenção do Estado na economia.

V. VERDADEIRA. Como forma de beneficiar a livre circulação de capital, o protecionismo econômico deve ser abolido e o mercado deve ser autorregulado.

Entenda melhor lendo: Neoliberalismo.

Questão 9

Os avanços nas tecnologias de informação permitiram o controle remoto da produção e possibilitaram um salto no modo de produção capitalista. A segmentação da produção e a livre circulação de produtos em todo o mundo proporciona a diminuição dos custos e o maior acesso a bens de consumo.

A descrição acima expõe uma mudança ocorrida recentemente no modo de produção capitalista representado pela:

a) economia planificada.
b) segunda revolução industrial.
c) globalização.
d) manufatura.

Alternativa correta: c) globalização.

O processo de globalização ocorrido após o fim da União Soviética e da polarização ideológica no mundo. Os antigos países do bloco socialista assumiram o modelo capitalista e possibilitaram a abertura para um novo mercado.

Aliado à evolução das tecnologias que possibilitam a globalização da produção e da economia, o mundo passou a operar a partir de redes informacionais e produtivas.

Saiba mais em: Globalização.

Questão 10

Leia as seguintes descrições:

I. Duas ou mais empresas de um mesmo setor realizam um acordo para a manutenção de uma faixa de preço para seus produtos.
II. Empresas concorrentes se fundem, formando uma só com o objetivo de dominar a oferta de produtos de um determinado setor.
III. Uma empresa exerce atividade administrativa sobre diversas outras em diferentes setores do mercado.
IV. Uma empresa decide exportar seu produto com um preço abaixo do valor de mercado com o intuito de inviabilizar as concorrentes e dominar o mercado mundial.

Os casos descritos expõem, respectivamente, estratégias de:

a) cartel, holding, dumping e truste.
b) cartel, truste, holding e dumping.
c) dumping, holding, truste e cartel.
d) dumping, truste, holding e cartel.

Alternativa correta: b) cartel, truste, holding e dumping.

A doutrina capitalista é fundamentada na lei da livre demanda. Entretanto, na terceira fase do capitalismo, observam-se estratégias que visam o monopólio do mercado para o controle dos preços e maximização dos lucros.

Diferentes países criam leis para limitar esse tipo de atuação. No Brasil, existem os direitos antidumping, a formação de cartel e o truste também são proibidos por lei.

Já as holdings passam por um processo para avaliar se não há o abuso de poder econômico.

Veja também: Capitalismo Financeiro.

Pedro Menezes
Pedro Menezes
Licenciado em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e Mestrando em Ciências da Educação pela Universidade do Porto (FPCEUP).