Setores da Economia


Os setores da economia podem ser considerados estágios pelos quais os produtos (materiais ou imateriais) passam dentro do ciclo econômico do capitalismo.

Esse processo engloba as etapas de exploração dos recursos naturais, passando pela industrialização e preparo para o consumo, até a utilização propriamente dita.

A economia de uma nação é dividida entre os setores da economia. Isso vai de acordo com os recursos empregados e modos de produção envolvidos.

Podemos então separar a economia em três domínios distintos, a saber:

  • Setor Primário: a extração de matérias primas
  • Setor Secundário: a indústria
  • Setor Terciário: venda de serviços e bens imateriais

Vale citar aqui que a ênfase muda de setor para setor, de acordo com o grau de desenvolvimento do país em questão. Ou seja, quanto maior a concentração econômica no segundo e terceiros setores, mais rico e desenvolvido este país será.

Setor Primário

O Setor Primário é o estágio em que se dá a produção a partir dos recursos naturais existentes para exploração.

Normalmente estão ligados a atividades de agricultura (lavoura permanente, lavoura temporária, horticultura, etc.), mineração, pesca e silvicultura, pecuária, extrativismo vegetal, caça e obtenção de outros produtos (renováveis ou não).

Enfim, neste setor da economia, as atividades econômicas irão obter o produto primário por meio de extração ou produção.

Note que, neste setor, o foco recai sobre a obtenção e fornecimento de matéria-prima para os outros setores. Apesar de ser fundamental, possui pouco valor agregado e não gera muitas riquezas aos países que exploram esta modalidade econômica.

Setor Secundário

O Setor Secundário da economia corresponde ao estágio em que as matérias primas são transformadas em produtos industrializados de alto valor agregado. Isso ocorre devido o emprego de altas tecnologias.

Portanto, é um setor de considerável riqueza e base para o desenvolvimento econômico dos países. Todavia, é também o responsável pela maior parte da poluição e degradação ambiental do Planeta.

Transformam as matérias primas em produtos prontos para o consumo ou em maquinários e ferramentas industriais. Dessa maneira, este setor alimenta a si próprio e ao setor terciário.

É justamente a indústria a atividade mais importante deste campo. Especialmente aquelas que purificam, processam e embalam a matéria prima, ou até mesmo aquelas que fornecem água, gás e eletricidade.

Os principais destaques desse ramo da economia estão na transformação de produtos e na construção civil.

Fazem parte deste setor, indústrias da divisão automobilística, alimentício, naval, aeronáutica, de tecnologia avançada, informática, etc.

Setor Terciário

O Setor Terciário é o campo da economia capitalista que mais cresce e há mais valor agregado, caracterizando-se pela inclusão comercial de tudo aquilo que não abarca os outros setores. É uma arena complexa e diversificada, onde o foco está nas relações interpessoais.

Este é também definido como o setor de comércio e prestação de serviços. Aqui é onde se dá a comercialização dos bens tangíveis e intangíveis (imateriais), como a oferta de serviços prestados as empresas ou a particulares.

Neste setor, apresenta-se um alto grau de valor agregado e desenvolvimento econômico, típico dos países desenvolvidos de primeiro mundo, os quais concentram suas atividades neste setor. Destas nações virão às grandes empresas como cadeias de supermercados e restaurantes.

Por outro lado, no Setor Terciário da economia, é requerida uma mão de obra muito mais qualificada e em grande número. Ela é o campo que mais contrata trabalhadores, muitas vezes na qualidade de profissionais liberais.

Vale destacar que este é o setor do comércio em geral, da venda de benefícios como educação, saúde segurança, transporte, da prestação de serviços bancários e turísticos, das empresas de telecomunicações, desenvolvimento de softwares, bem como as de pesquisa e desenvolvimento, reunindo uma gama interminável de ações para o setor.

Nos países de primeiro mundo e nos emergentes o terceiro setor é muito forte. Entretanto, podem surgir problemas de hipertrofia ligados ao crescimento desordenado e ao excesso de mão de obra qualificada.

Leia: