Os Vikings

Juliana Bezerra

Os Vikings foram um povo do norte da Europa que conquistou territórios na Inglaterra e na França durante a Alta Idade Média.

Estão entre os principais referências culturais da Escandinávia e até hoje encontramos representações dos Vikings em filmes e séries de televisão.

Localização e Expansão Territorial

Os Vikings viviam nos atuais territórios da Groenlândia, Suécia, Noruega, Dinamarca e Finlândia. Chamamos de “Era Viking” o período entre os anos de 800 a 1100, quando se expandiram para além destas fronteiras.

A partir do século VIII, os Vikings começaram a deixar seu território à procura de novas terras.

Invadiram e se estabeleceram principalmente na Islândia e no Reino Unido, como podemos ver no mapa abaixo:

Mapa Viking
No mapa, a expansão viking pela Europa

Os Vikings que se estabeleceram no norte da França foram denominados normandos e invadiram a Inglaterra no século XI. Esta dominação teve fim com o rei inglês Henrique II, em 1154.

Quem eram?

É preciso lembrar que os Vikings não eram um povo homogêneo, mas sim várias tribos e clãs que adotavam costumes e línguas semelhantes. Alguns historiadores os chamam de "povos nórdicos".

O comportamento dos Vikings no estrangeiro muitas vezes era bastante brutal e ataques como o do mosteiro Lindisfarne em 793 são citados como prova deste caráter violento.

No entanto, se comparamos com outros povos da época, veremos que eles seguiam os mesmos padrões de comportamento.

Organização Social

A sociedade viking estava organizada em estratos sociais bem definidos. No topo, estavam os grandes latifundiários ou magnatas, no meio estavam os fazendeiros e na base, os escravos.

Também haviam as grandes divisões entre os livres e os não-livres, os ricos e os pobres, assim como entre homens e mulheres.

Os Vikings eram comandados por um rei, no entanto, não da mesma forma que entendemos um monarca atualmente.

O direito a reinar não era hereditário e os candidatos tinham que lutar entre si para conquistar a coroa. Assim, era fundamental fazer alianças através de casamentos e reunir homens leais em torno do candidato a rei.

Os Vikings Soldado
Guerreiro Viking durante a Idade Média com machado, espada, escudo, capacete e malha de ferro

Economia

A terra e agricultura tinham uma importância fundamental para garantir o extrato social elevado. Contudo, os Vikings também navegavam pelos mares europeus e comerciavam com povos vizinhos.

O sucesso dos Vikings no mar se explica por conta de sua experiência na construção de barcos rápidos e com boa navegabilidade. Isso levou-os à Rússia, ao Império Bizantino e até mesmo à América 500 anos antes Colombo.

Cultura

A arte viking era extremamente elaborada. Navegadores e guerreiros ciosos, os Vikings costumavam fazer relevos com motivos vegetais e de animais no casco dos seus barcos. As armas e capacetes também eram ricamente esculpidos com desenhos que tanto significavam o status social como proteção.

Podemos encontrar inscrições feitas com runas, o alfabeto utilizado, em pedras esculpidas, objetos do cotidiano, como exemplos da arte viking.

Igualmente, as mulheres da alta sociedade costumavam se enfeitar com joias e amuletos feitos com os mais variados materiais como ossos de animais e cascas de tartaruga.

Cultura Viking
Broche feminino feito em cobre, encontrado na Suécia, datado dos anos 700-900

Mitologia

Os Vikings, como outros povos da época, adoravam uma série de deuses relacionados aos fenômenos da natureza.

Apesar do deus Thor ocupar um lugar importante no panteão nórdico, o certo é que haviam muitos deuses específicos para cada situação da vida cotidiana.

O seu culto era prestado nas florestas através de árvores como o carvalho, junto aos rios e ao mar.

Alguns deuses nórdicos eram:

  • Odin - o pai de todos, senhor da vida e da morte, da magia e da profecia.
  • Frigga/Freya - a esposa de Odin, protetora da família, deusa da fertilidade.
  • Thor - fiho de Odin, o deus do trovão, seu símbolo era o martelo, muito cultuado na Islândia.
  • Baldr - filho de Odin, deus da inteligência e da beleza.
  • Valquírias - eram deusas menores encarregadas de conduzir os espíritos dos guerreiros mortos em batalha ao Valhala, onde serviriam Odin e Freya.

Atualmente, esta religião ressurge nos países escandinavos e na Grã-Bretanha.

Curiosidades

  • Apesar de largamente difundido, não há nenhuma evidência material que os vikings usassem capacetes com chifres.
  • Também o costume de beber vinho na caveira dos inimigos é atribuído a um erro de tradução e não corresponde à realidade.

Leia mais:

Juliana Bezerra
Juliana Bezerra
Bacharelada e Licenciada em História, pela PUC-RJ. Especialista em Relações Internacionais, pelo Unilasalle-RJ. Mestre em História da América Latina e União Europeia pela Universidade de Alcalá, Espanha.