Eutrofização

Lana Magalhães

A eutrofização ou eutroficação é um processo natural decorrente da acumulação excessiva de matéria orgânica provinda dos esgotos e pelo desenvolvimento de algas.

De modo resumido, consiste no acúmulo de matéria orgânica nos ambientes aquáticos, especialmente, onde a água é pouco movimentada, como em rios, lagos e represas. Tal situação resulta em mau odor e aspecto turvo à água.

A eutrofização pode ter origem natural ou antrópica:

  • Eutrofização natural: Produzida pelos próprios elementos da natureza, ocorrendo de forma espontânea e lenta.
  • Eutrofização antrópica ou artificial: Quando é provocada pelo homem e tem como principal causa a poluição das águas, falta de saneamento, acúmulo de lixo doméstico, despejo de efluentes nas águas e uso de fertilizantes que contaminam o lençol freático. Ocorre de forma rápida.

Como ocorre?

eutrofização
A eutrofização altera as características da água

A matéria orgânica é decomposta naturalmente, o seu excesso, todavia, altera esse processo fazendo com que as algas se desenvolvam e aumente a quantidade dos seres decompositores, como as bactérias aeróbicas.

Esse processo ocorre em decorrência dos dejetos humanos e de animais e dos fertilizantes dos solos, que chegam às águas aumentando a quantidade de nutrientes disponíveis e fazendo proliferar as algas, que quando morrem tornam a água turva.

Quais as consequências?

As camadas que se criam sobre a água impedem a fotossíntese e sua oxigenação. Ao mesmo tempo, os decompositores e algas se proliferam, aumentando também o consumo de oxigênio, o que é chamado de DBO (demanda bioquímica de oxigênio).

A quantidade de oxigênio consumido pelas algas, bem como pelos decompositores, não é suficiente para satisfazer os peixes, que acabam por morrer.

Em contrapartida, aumenta o número de seres que não necessitam de oxigênio, como é o caso das bactérias anaeróbicas, que contaminam e provocam doenças.

Com a falta de oxigênio na água, o ecossistema aquático passa a ser habitado por bactérias anaeróbicas, dado que essas não necessitam de oxigênio. A água fica, deste modo, contaminada e a sua utilização e consumo provocam doenças.

Eutrofização
Representação dos efeitos da eutrofização

Quais as soluções?

A solução para a eutrofização passa pelo combate à poluição, investindo em coleta e tratamento de resíduos.

Para isso, o tratamento das águas é fundamental, pois evita o fornecimento de matéria orgânica aos ambientes aquáticos.

Lana Magalhães
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.