Floresta Equatorial

Lana Magalhães

As florestas equatoriais são aquelas que ocorrem na região da linha do Equador, marcadas por altas temperaturas, elevada quantidade de chuva e vegetação latifoliada, com folhas grandes, largas e verdes durante todo o ano.

A maior floresta equatorial do mundo é a floresta amazônica, que também é classificada como floresta tropical. A seguinte é a floresta equatorial do Congo, na África.

Características

Floresta equatorial
Floresta equatorial

Conheça as principais características das florestas equatoriais:

Localização

A floresta equatorial ocorre na América do Sul, sudeste da Ásia e África.

Condições climáticas

O clima equatorial é predominante e caracteriza-se por grande quantidade de chuva, temperatura e umidade elevadas. As chuvas ocorrem durante todo o ano e não há período de clima seco.

Solo

O solo da floresta equatorial é considerado empobrecido, servindo como depósito de decomposição para folhas (serrapilheira), pequenos invertebrados e fungos, o que mantém a sua produtividade.

Vegetação

Floresta amazônica
A vegetação da floresta equatorial é densa e forma um tapete verde

As florestas equatoriais são conhecidas pela sua vegetação densa e imponentes árvores que podem atingir até 60 metros de altura, com copas largas e preenchidas.

A vegetação é dividida em estratos, a primeira camada é o dossel, estrutura presente também na floresta tropical, situado até 50 metros acima do solo e as árvores maiores, mais frondosas, ultrapassam seus limites, recebendo luz diretamente.

Esse estrato superior denso impede a chegada da luz até o solo, modificando as condições de vida nos estratos inferiores.

O estrato arbóreo compreende as árvores de menor porte e no sub-bosque encontram-se os arbustos, cipós e lianas. Existe ainda o estrato herbáceo composto por pequenas ervas e troncos caídos.

Cabe ressaltar a enorme diversidade de espécies vegetais encontradas na floresta equatorial.

Fauna

Chimpanzés
Chimpanzés na floresta do Congo

A fauna da floresta equatorial é rica em espécies de mamíferos, aves, insetos e répteis. Dependendo da sua localização são encontrados os seguintes animais: tucanos, onças, capivaras, gorilas, leopardos e chimpanzés.

Exemplos

Floresta amazônica

A maior floresta do planeta é a floresta amazônica, que abrange os estados do Amazonas, Acre, Amapá, Rondônia, Pará e Roraima, e em menores proporções os países Peru, Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia, Guiana, Suriname e Guiana Francesa.

É uma região rica em biodiversidade, para se ter ideia existem mais de 40 mil espécies de plantas. Porém, o desmatamento ameaça muitos seres vivos que habitam a floresta amazônica.

Floresta do Congo

A segunda maior floresta equatorial do mundo é a floresta do Congo, localizada na África Central e abrange sete países: República do Congo, República Democrática do Congo, República Centro Africana, Camarões, Guiné Equatorial e Gabão.

Abriga mais de 10 mil espécies vegetais, das quais se destacam as árvores de grande porte, como as palmeiras, o cedro vermelho, o mogno e o carvalho. Dentre os animais destacam-se os elefantes, leões, búfalos, zebras, girafas, gorilas e chimpanzés.

Floresta Tropical

A floresta tropical, também chamada de floresta pluvial tropical ou floresta úmida, é caracterizada pela riqueza de espécies, clima quente e elevada precipitação e umidade.

São regiões localizadas entre os trópicos de Câncer e de Capricórnio, encontradas na África, Ásia e na América Central e do Sul.

Lana Magalhães
Lana Magalhães
Licenciada em Ciências Biológicas (2010) e Mestre em Biotecnologia e Recursos Naturais pela Universidade do Estado do Amazonas/UEA (2015). Doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia pela UEA.