Taiga


A Taiga, também chamada de Floresta de Coníferas ou Floresta Boreal, representa um tipo de vegetação típica das altas altitudes, encontrada no hemisfério norte do globo mais precisamente entre a Tundra e a Floresta Temperada.

Surgem nas regiões setentrionais da América do Norte, Europa e Ásia, como no Japão, Rússia, Canadá, Alasca, Groenlândia, Finlândia, Noruega, Suécia e Sibéria.

TaigaFloresta Boreal, Canadá

Note que a Taiga é um dos maiores biomas do mundo (com a floresta mais extensa do mundo) e por isso possui enorme importância no ecossistema ambiental mundial, a qual equilibra o clima e o ar.

A Taiga vem sofrendo nos últimos anos, com a exploração desenfreada de madeira, alterando a paisagem natural a partir da degradação e consequentemente do desequilíbrio do meio ambiente, desde da diminuição e, em casos mais extremos, a perda de espécies vegetais e/ou animais.

Para saber mais: Tundra e Floresta Temperada.

Clima

A ocorrência da Taiga é típica das zonas temperadas e Antártida do globo, portanto está localizada nas regiões de clima subártico (subpolar), ou seja, basicamente muito frio (baixas temperaturas) e seco (baixa umidade).

Apresenta elevada amplitude térmica (diferença entre a mínima e máxima temperatura), com temperaturas que podem atingir -50°C no inverno e 20°C, no verão.

Caracterizada por longo inverno seco, frio (elevada precipitação de neve) e dias curtos, enquanto que no curto verão há precipitação de chuvas, deixando a região mais úmida, sendo determinado pelos dias mais longos.

Fauna e Flora

Tanto a fauna como a flora são adaptadas ao clima subártico, ou seja, as baixas temperaturas com ventos fortes e intensa precipitação de neve.

Na fauna das taigas encontramos animais hibernantes e migratórios, a saber: ursos, linces, alces, lobos, raposas, esquilos, castores, renas, veados, lebres, além da gama de aves e insetos.

Apresenta uma floresta densa, donde a flora é composta majoritariamente de vegetação arbustiva e árvores coníferas, com presença de pinheiros, salgueiros, nogueiras, faias, abetos, bétulas, dentre outras espécies vegetais.

Segundo as características da flora da taiga, com árvores de folhagem densa, a penetração de luz solar é muito baixa, dificultando assim, o desenvolvimento da vegetação rasteira, o que torna o solo pobre em nutrientes, embora há espécies de musgos e liquens.

Curioso notar que as árvores que compõem esse tipo de bioma apresentam a copa das árvores em formato cônico, com o intuito de não acumular a intensa neve que cai durante o inverno.