Força Centrífuga


A força centrífuga é um referencial de força utilizado em trajetórias curvas. Ela não é considerada força porque não cumpre os requisitos de força apresentados na segunda Lei de Newton, um dos quais a aceleração.

Por esse motivo, é também chamada de força inercial, fictícia ou, ainda, de pseudo força.

A força centrífuga não pode ser observada de longe pelo fato de que não existe aceleração que a torne perceptível. Ela somente pode ser sentida por quem está sujeito a ela.

Exemplo disso é a sensação que as pessoas têm num parque de diversões. A sensação que faz elas pensarem que podem cair de certos brinquedos em movimento, enquanto elas próprias estão paradas.

A força é o resultado do produto da aceleração de um corpo vezes a sua massa. Como a pessoa no brinquedo está parada, está excluída a condição que faz com que ela esteja sob o efeito de uma força.

No que respeita ao brinquedo do parque, este sim funciona através da força que o atrai para o centro da trajetória. Essa força é chamada de força centrípeta.

O que é Força Centrípeta?

A força centrípeta (Fcp) é a pressão sobre um corpo exercida num movimento circular.

Isso quer dizer que esse tipo de força puxa o corpo para o centro da trajetória, ou seja, é o inverso da força centrífuga, a qual empurra para fora.

Além da centrípeta, existem 7 tipos de força: força de atrito, força elástica, força gravitacional, força magnética, força normal e força peso.

Como vemos, a força centrífuga não consta nessa relação, o que faz com que seja questionada a sua existência.

Saiba mais:

É Possível Calcular a Força Centrífuga?

A força centrífuga pode ser calculada pela fórmula da aceleração da força centrípeta. Isso porque a força centrífuga é um referencial da força centrípeta, portanto:

acf = v²/R

Onde,

Ac: aceleração centrífuga
v: velocidade
r: raio da trajetória circular

Entenda o que é Centrifugação.