Centrifugação


Centrifugação é um método de separação de misturas heterogêneas de sólidos com líquidos ou somente de líquidos.

Um dos fatores mais importantes da centrifugação é a densidade. Isso porque a centrifugação separa o que é mais denso daquilo que é menos denso. O que é mais denso fica num nível inferior, enquanto o menos denso, sobe.

O método da centrifugação pode ser manual ou mecânico. Para tanto é necessário fazer uso de uma centrífuga, tal como as existentes nas máquinas de lavar roupa, que separam a água da roupa.

Outro exemplo é a centrífuga de salada, que faz um processo semelhante de forma manual, ou seja, separa a água das hortaliças.

A decantação é outro método de separação que separa misturas heterogêneas (apenas de sólidas com líquidas) considerando a sua densidade.

A diferença entre a centrifugação e a decantação é a velocidade do processo.

Na decantação do vinho o líquido é colocado no decantador e espera-se que as suas impurezas desçam para o fundo do aparelho. Na centrifugação, por sua vez, o processo é acelerado.

A centrifugação é um método utilizado em diversas áreas, entre as quais nas análises clínicas e no processamento de alimentos. Exemplos disso são alguns tipos de uranálise (análise da urina) e a centrifugação do leite integral para obter leite desnatado e nata.

Centrifugação do Sangue

A centrifugação é o método utilizado nas análises de sangue. O sangue é uma mistura coloidal. Após ele ser coletado, o tubo de ensaio vai para uma centrífuga de laboratório.

Esse aparelho realiza um movimento rotativo bastante acelerado que faz com que as partes que compõem o sangue (glóbulos vermelhos, glóbulos brancos, plaquetas e plasma) se separem. Após essa separação, torna-se possível a análise de cada uma delas.

Leia também: