Fotorrealismo

Daniela Diana

O Fotorrealismo ou Realismo Fotográfico é uma escola artística contemporânea surgida no final da década de 60, nos Estados Unidos que trabalha por meio do conceito de verossimilhança associado à arte fotográfica.

O termo “fotorrealismo” foi cunhado em 1969, pelo estudioso das artes Louis K. Meisel.

Exemplo de Arte Fotorrealista
Exemplo de Arte Fotorrealista

Segundo a definição de Meisel sobre o movimento fotorrealista: “o fotorrealismo usa a câmera e a fotografia para coletar informação; (...) usa recursos mecânicos ou semi-mecânicos para transferir a informação para a tela”.

Além disso, ele aponta para algumas características dos artistas fotorrealistas:

O fotorrealista deve ter uma habilidade suficiente para fazer com que a pintura se pareça com uma fotografia; O fotorrealista deve ter exibido obras neste estilo antes de 1972 para poder ser classificado como um dos fundadores da escola; O fotorrealista deve ter trabalhado há pelo menos cinco anos nesta técnica.”

Além de Meisel, outros artistas estão associados a fundação da escola fotorrealista: John Baeder, Ralph Goings, Chuck Close, Duane Hanson, dentre outros.

De tal modo, a arte fotorrealista, que inclui pinturas, desenhos, esculturas e artes gráficas, propõem a fidelidade às reproduções da realidade, de forma que muitas delas, quando vistas, podem ser confundidas com a arte fotográfica, gerando confusão.

Atualmente, o termo é utilizado no campo da computação gráfica, sobretudo dos videogames.

Hiper-Realismo

Já o Hiper-realismo ou Super-realismo, muitas vezes utilizado como sinônimo, designa uma corrente artística derivada da escola fotorrealista, ou seja, é uma evolução do fotorrealismo propulsionada sobretudo, pela evolução tecnológica.

Esse movimento artístico surgiu na década de 70 nos Estados Unidos e se espalhou pelo mundo. Observe que muitos artistas do fotorrealismo também se incluem no estilo do hiper-realismo, uma vez que ambos movimentos utilizam técnicas que se assemelham.

O termo “hiper-realismo”, foi utilizado pela primeira vez, como título de uma exposição fotorrealista realizada em 1973, pela artista belga Isy Brachot. Alguns artistas hiper-realistas que se destacam na atualidade são: os escultores australianos Ron Mueck e Sam Jinks; o escultor angolano Jorge Melício.

Características do Fotorrealismo

Segue abaixo as principais características desse movimento:

  • Reprodução e simulação da realidade (retomada do realismo)
  • Influência da Pop Art e da arte fotográfica
  • Oposição ao minimalismo, expressionismo abstrato e abstracionismo
  • Temas cotidianos
  • Retratos, paisagens, natureza-morta
  • Exatidão de detalhes
  • Nuances de luz, cor, sombras e reflexos

Fotorrealismo no Brasil

No Brasil, alguns artistas se aproximaram da escola fotorrealista: Glauco Rodrigues (1929-2004), Antônio Henrique Amaral (1935), Gregório Gruber (1951), dentre outros.

Principais Artistas

Dentre os principais artistas da corrente fotorrealista:

  • Richard Estes: pintor estadunidense
  • Ralph Goings: pintor estadunidense
  • John Baeder: pintor estadunidense
  • Robert Bechtle: pintor estadunidense
  • Charles Bell: pintor estadunidense
  • Roberto Bernardi: pintor italiano
  • Tom Blackwell: pintor estadunidense
  • Hilo Chen: pintor taiwanês
  • Chuck Close: pintor e fotógrafo estadunidense
  • Robert Cottingham: pintor estadunidense
  • Don Eddy: pintor estadunidense
  • Ron Kleemann: pintor estadunidense
  • Richard McLean: pintor estadunidense
  • John Salt: pintor inglês
  • Raphaella Spence: pintora inglesa
Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.