Gênero Textual Declaração

Daniela Diana

A declaração é um tipo de texto muito utilizado no nosso cotidiano.

Trata-se, portanto, de um texto de valor documental que comprova ou declara algo sendo utilizado por diversas instituições, órgãos, escolas, universidades, empresas, dentre outros.

Lembre-se que o verbo "declarar" indica uma exposição, pronunciamento, manifestação e esclarecimento de algo.

Declaração Oral

Quanto a forma de produção de uma declaração e a finalidade em que consiste, a declaração pode ser também um texto oral, por exemplo, uma declaração de amor, a declaração de presidente, dentre outros.

Saiba mais sobre a Oralidade e a Escrita.

Principais Características

  • Redação técnica
  • Linguagem formal
  • Documento comprovatório
  • Veracidade dos fatos
  • Estilo padronizado
  • Texto em primeira ou terceira pessoa

Estrutura: Como Fazer uma Declaração?

Tendo em vista o objetivo e finalidade que se pretende, a declaração segue um modelo básico de estrutura, e muitas vezes é redigida em papel timbrado:

  • Título: o título desse tipo de texto é centralizado acima e indica o nome do gênero “Declaração”. No entanto, pode vir acompanhado do tema, por exemplo: “Declaração de Dispensa”; “Declaração de Histórico”, “Declaração de Trabalho”, dentre outros.
  • Corpo de Texto: aqui se elabora um texto por meio do assunto ou do tema que será abordado pela declaração. Geralmente, a declaração é escrita em primeira pessoa do singular ou plural: “Eu declaro para fins de comprovação...”; “Declaramos que o aluno João de Souza Pinheiro...”
  • Local e Data: Depois do corpo do texto, é muito importante indicar o local e a data em que o documento foi redigido. Note que sem a data, o documento torna-se inválido.
  • Assinatura: o remetente ou responsável assina a declaração abaixo da data e local e, se necessário, inclui o cargo exercido e o carimbo da instituição o qual pertence. Essa é uma parte essencial de comprovação da declaração.

Exemplos

Para compreender melhor a estrutura de uma declaração, segue abaixo dois exemplos:

Exemplo 1

Declaração

Eu, Mariana dos Santos Ferreira, portadora do documento de identidade 33.569.847-8 e CPF 325874004/21, declaro para devidos fins que sou moradora da Rua São Gonçalo, 213, Bairro Boa Vista, e estudante do curso de Licenciatura em Artes Visuais da Universidade Estadual de Santos (UES), desde de abril de 2008.

Assumo total responsabilidade pelas informações citadas acima.

Atenciosamente,

Santos, 14 de fevereiro de 2013
_________________________
Assinatura

Exemplo 2

Declaração de Matrícula

Declaramos, para os devidos fins, que o discente Rafael dos Santos, registrado sob o número de matrícula 1219678 no curso de Artes Gráficas na titulação de Bacharel, encontra-se atualmente na seguinte situação: pendente.

Niterói, 05 de novembro de 2015
___________________________
Assinatura do Responsável, cargo que ocupa e carimbo da Instituição

Saiba mais sobre outros tipos de Redação Técnica.

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.