Giardíase


A Giardíase, Giardiose ou lambliose é uma doença causada por protozoário. O nome científico do agente etiológico causador é Giardia lamblia.

GiardíaseGiardia lamblia, protozoário causador da giardíase

Sua principal característica é o acometimento do intestino delgado, causando intensa diarreia.

Ainda que seja mais comum em crianças, ela pode afetar também os adultos. Geralmente, a giardíase ocorre em países de clima temperado.

O diagnóstico é feito através do exame de fezes, e se não for tratada pode gerar desidratação e anemia no paciente.

Transmissão

A giardíase é transmitida por meio de alimentos e água contaminados com cistos do protozoário.

Portanto, os locais em que o saneamento básico (esgoto, água tratada, etc.) é inexistente ou precário, a chance da doença se proliferar é bem maior. Por esse motivo, em países mais desenvolvidos o número de infectados é mais baixo.

O protozoário é encontrado nas fezes dos portadores da doença e, portanto, pode ser transmitida pelo contado direto ou indireto com as fezes dos infectados.

Curioso notar que a giardíase pode também ser transmitida pelo contato sexual anal desprotegido (sem uso de preservativos).

Você sabia?

Esse parasita é resistente ao cloro. Portanto, água tratada com cloro pode apresentar cistos do protozoário.

Sintomas

Depois de infectado com o protozoário, os sintomas surgem geralmente em duas semanas. Os principais sintomas da giardíase são:

  • Febre baixa
  • Dor de cabeça
  • Diarreia
  • Dores abdominais
  • Gases
  • Azia
  • Náuseas
  • Fraqueza
  • Mal-estar
  • Perda de apetite e peso
  • Irritabilidade
  • Fezes amareladas e com cheiro forte

Obs: Nalguns casos, o paciente pode apresentar intolerância à lactose.

Giardíase Canina

A giardíase também pode afetar os animais domésticos, como os cães. A transmissão e os sintomas são semelhantes ao dos seres humanos.

Ou seja, ocorre quando os cães ingerem cistos do protozoário por meio de água ou alimentos contaminados. Além dos cães, ela pode se alojar em outros hospedeiros como gatos, roedores, gado, etc.

O Vetor e o Ciclo Biológico

A Giargia lamblia é um parasita intestinal que possui um ciclo de vida. Esse protozoário flagelado unicelular afeta o ser humano a partir do momento em que são ingeridos cistos maduros.

O vetor causador da doença pode se apresentar de duas maneiras: cistos e trofozoítos (estágio adulto do protozoário). Eles são resistentes e não morrem com os ácidos liberados pelo estômago. Assim, chegam ao intestino delgado.

O período de incubação do protozoário é de aproximadamente uma a quatro semanas. Para compreender melhor o ciclo biológico do vetor confira o esquema abaixo:

GiardíaseCiclo de Vida da Giardia

Tratamento

Para o tratamento da giardíase recomenda-se uma boa alimentação, rica em nutrientes. Alimentos mais leves são indicados.

Além disso, a ingestão de líquidos é essencial, devido à diarreia intensa que pode provocar desidratação no paciente. Medicamentos são indicados pelos especialistas para matar o protozoário.

Se não for tratada, no pior dos casos, pode levar à morte dos indivíduos infectados.

Prevenção

Para se prevenir contra a giardíase devemos lavar bem as mãos antes das refeições, bem como os alimentos que vamos consumir (frutas, legumes e verduras). Cozinhar os alimentos também é uma forma de prevenção contra a doença.

Portanto, a profilaxia é feita com os cuidados com a higiene. Além disso, especialistas recomendam a ingestão de água potável.

Continue sua pesquisa e leia mais sobre o tema: