Tricomoníase


A tricomoníase, também chamada tricomonose, é uma doença causada por protozoário que atinge principalmente as mulheres.

O nome científico do agente etiológico causador da doença é Trichomonas vaginalis.

TricomoníaseTrichomonas vaginalis, o protozoário causador da tricomoníase

Essa infeção genital pode atingir a vagina, o útero, o pênis ou a uretra. E, se não for tratada, pode gerar outras doenças, por exemplo a vaginite.

Além disso, ela pode aumentar as chances de desenvolver outras doenças sexualmente transmissíveis como a gonorreia, o HPV, o HIV, sífilis, dentre outras.

O diagnóstico da doença nas mulheres é feito através do exame papanicolau que coleta as secreções vaginais. Noutros casos, pode ser diagnosticada pelo exame de sangue.

Leia também sobre outras doenças:

Ciclo da Tricomoníase

Confira abaixo o esquema sobre o ciclo do protozoário flagelado unicelular em seu hospedeiro.

TricomoníaseCiclo da Tricomoníase

Saiba mais sobre os Protozoários.

Transmissão

A tricomoníase é transmitida por meio do contato sexual desprotegido, ou seja, sem o uso de preservativos.

Essa infecção genital pode atingir mulheres e homens, embora seja mais comum em pessoas do sexo feminino.

Ainda que seja menos comum, ela também pode ser transmitida pelo contato com o parasita em banheiros públicos, roupas íntimas, toalhas, etc.

Assim, as secreções da pessoa contaminada em roupas íntimas, por exemplo, podem facilmente contaminar outras.

Leia mais sobre as DST - Doenças Sexualmente Transmissíveis.

Tricomoníase na Gravidez

Quando a gestante contrai o protozoário, deve ir ao médico para tomar todas as medidas necessárias.

Isso porque alguns medicamentos que combatem o protozoário não devem ser tomados nos primeiros meses de gestação.

Nesses casos, o feto sofre ao ser infectado, o que pode levar ao parto prematuro, uma vez que o protozoário pode atingir as membranas que protegem o bebê.

Sintomas

Depois de contraída a doença, o período de incubação do parasita varia entre 5 a 28 dias.

Ou seja, a pessoa pode apresentar sintomas depois de um mês, sendo que os principais são:

  • Coceira intensa e ardor
  • Corrimento amarelo-esverdeado
  • Dores durante a relação sexual
  • Dor abdominal
  • Vermelhidão na área genital
  • Ardência ao urinar
  • Odor forte

Obs: A maioria dos homens quando infectados não apresentam sintomas. No entanto, o surgimento de corrimento, prurido no pênis, dor ao urinar e durante a ejaculação são os mais comuns em pessoas do sexo masculino.

Tratamento

O tratamento da tricomoníase é feito com remédios antibióticos indicados pelo médico ginecologista ou urologista.

Essa medicação elimina o parasita causador da doença. O tratamento leva cerca de uma semana e é aconselhável evitar o uso de bebidas alcoólicas nesse período.

Durante o tratamento deve-se evitar o contato sexual. Geralmente, o parceiro do infectado também deve se medicar. Além da medicação via oral, pode ser utilizada pomada no local para aliviar os sintomas.

Tratamento Caseiro

Além do tratamento pela medicina tradicional, algumas pessoas optam pelo tratamento caseiro para diminuir os sintomas como chás, alimentos e banhos de assento. Entretanto, eles não eliminam o parasita do corpo.

Prevenção

A profilaxia da doença é feita pelo uso de preservativos nas relações sexuais.

Muitas pessoas infectadas podem estar com o parasita e não apresentar os sintomas. Daí a importância do exame de rotina.

Complemente sua pesquisa com a leitura do artigo: Doenças Causadas por Protozoários.