DST - Doenças Sexualmente Transmissíveis


DST (Doenças Sexualmente Transmissíveis) são aquelas que podem ser transmitidas de uma pessoa para outra pelo contato sexual.

A maioria é causada por microrganismos que se alojam nos órgãos genitais. Todas são perigosas e podem deixar sequelas se não forem tratadas a tempo.

Lembre-se que a camisinha é o único método de prevenção eficaz contra as DSTs e a AIDS. Algumas DSTs, em sua fase inicial, têm tratamento, controle ou cura.

Tipos

As doenças sexualmente transmissíveis que ocorrem com mais frequência são:

Gonorreia

Gonorreia, também chamada de blenorragia, é uma das DSTs mais comuns. Pode atingir homens e mulheres.

É causada por bactérias que infeccionam a uretra, provocando ardência ao urinar, coceira, inchaço e vermelhidão nas bordas do orifício urinário. Se não tratada a tempo, pode levar à esterilidade.

Sífilis

A sífilis é causada por uma bactéria e transmitida pelo contato sexual ou pelo sangue contaminado.

É uma doença grave, que pode atacar vários órgãos vitais. Pode causar cegueira, paralisia, distúrbios cardíacos e neurológicos e até a morte.

Em mulheres grávidas, pode causar danos irreversíveis no sistema nervoso do feto. Seu principal sintoma é uma pequena úlcera, dura e indolor, nos órgãos sexuais.

Essa úlcera tende a desaparecer depois de algum tempo. Mais tarde podem surgir manchas vermelhas pelo corpo, que desaparecem, mas a doença continua ativa.

Herpes Genital

A herpes genital é causada por um vírus, para o qual não existe cura. A doença provoca pequenas bolhas, nos órgãos sexuais, que, ao se romper, viram feridas, provocando ardor, coceira e dor.

As bolhas podem desaparecer e voltar depois de certo tempo, dependendo das condições do sistema imunitário do portador.

Candidíase

É causada por fungos normalmente existentes no nosso corpo, mas que proliferam muito devido ao estresse, ao uso de antibióticos, de anticoncepcionais e durante a gravidez. Causa ardência e coceira.

A candidíase é transmitida pelo contato sexual ou por roupas íntimas compartilhadas. Se a mãe estiver com candidíase, o bebê poderá ser contaminado na hora do parto.

Os fungos podem também atacar a mucosa bucal, quando então a doença é chamada popularmente de “sapinho”.

Condiloma Acuminado

Esse tipo de doença é causado pelo vírus HPVpapiloma (com subtipos). Pode ser transmitido à mulher pelo homem sem que este manifeste sintomas, sendo por isso, chamado de portador assintomático.

Os seus sintomas são o aparecimento de verrugas, muitas vezes microscópicas, nos órgãos genitais. Nas mulheres o vírus pode permanecer inerte durante anos, ativando-se em momentos de baixa imunidade.

Pode aumentar o rico de câncer de colo uterino. Já existem vacinas para prevenir alguns tipos de vírus que provocam a doença.

Hepatite B

A hepatite B é causada por um vírus que ataca o fígado. O indivíduo contaminado pode se recuperar da infecção ou se tornar portador crônico, desenvolvendo graves doenças, como cirrose ou câncer no fígado.

O contágio ocorre por relações sexuais com indivíduos infectados ou pelo sangue contaminado. A prevenção é feita com vacina.

Aids

Também chamada de SIDA (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida), a AIDS é causada pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV) que ataca os linfócitos – células sanguíneas especializadas na produção de anticorpos que são responsáveis pela defesa do organismo.

O HIV pode ser transmitido através do esperma, do sangue, da secreção vaginal e do leite materno de pessoas contaminadas.

O vírus pode ficar durante vários anos no organismo de uma pessoa sem se manifestar, até destruir os linfócitos, podendo levar a morte, em consequência de outras doenças chamadas de oportunistas.

Existem medicamentos capazes de prolongar a vida do paciente com aids, melhorando sua qualidade de vida.

Quer saber mais sobre doenças? Leia os artigos: