Métodos Contraceptivos


Os métodos contraceptivos ou anticoncepcionais têm o objetivo de evitar uma gravidez não programada e/ou prevenir doenças sexualmente transmissíveis (DST), como no caso dos preservativos.

Tipos de Métodos Contraceptivos

Os métodos contraceptivos podem ser naturais, de barreira, hormonais, mecânicos ou ainda definitivos (irreversíveis).

Métodos contraceptivos eficazes e ineficazes
Tipos de Métodos contraceptivos

A escolha do método a ser adotado deve ser feita a partir do perfil da mulher e em comum acordo com o parceiro, além disso, é recomendada a orientação médica.

Cada método possui características próprias de uso, vantagens, desvantagens e um nível de eficácia que pode variar.

Confira a seguir uma lista sobre os métodos contraceptivos e suas vantagens e desvantagens.

Camisinha

A camisinha é um preservativo, que pode ser masculino ou feminino, sendo considerado um método de barreira.

Eles são considerados os mais seguros, pois além de evitarem a gravidez, também protegem contra as doenças sexualmente transmissíveis (DST), como a AIDS.

Preservativo masculino (camisinha masculina)

camisinha masculina
Camisinha masculina

Considerado um dos métodos contraceptivos mais populares, a caminha masculina protege contra DSTs, tem baixo custo e é fácil de usar. Além disso, ela apresenta um alto índice de eficácia quando utilizado do modo correto.

É um preservativo que consiste em uma capa fina de borracha cobre o pênis durante a relação sexual, impedindo o contato do sêmen com a vagina, o ânus ou a boca. O esperma fica retido e os espermatozoides não entram no corpo da mulher.

Confira na tabela abaixo algumas vantagens e desvantagens da caminha masculina.

VantagensDesvantagens
É livre de hormônios.Se não usada corretamente pode rasgar ou sair durante a relação sexual.
Protege contra DTS e AIDS.Pode causar reação alérgica ao látex.
Pode ser utilizada somente no momento da relação sexual.Diminui a sensibilidade.

Preservativo feminino (camisinha feminina)

camisinha feminina
Camisinha feminina

A camisinha feminina pode ser colocada até 8 horas antes do ato sexual, sendo também um método de barreira, pois não permite que o espermatozoide entre no corpo da mulher. Se utilizado corretamente, conforme instruções, apresenta um alto índice de eficácia

O seu plástico é mais fino e mais lubrificado que a masculina e o seu uso não é recomendado simultaneamente com a camisinha masculina.

Veja na tabela abaixo algumas vantagens e desvantagens da camisinha feminina.

VantagensDesvantagens
Protege contra DST e AIDS.Exige prática para utilizar de forma confortável.
Pode ser usado durante a amamentação.Menos eficaz que a camisinha masculina.
Não afeta o uso de outros medicamentos.Pode causar irritação ou reações alérgicas.

Pílula anticoncepcional

Pílula anticoncepcional
Pílula anticoncepcional

As pílulas anticoncepcionais são feitas com hormônios semelhantes aos que são produzidos pelo próprio corpo (estrogênio e progesterona). Elas atuam impedindo a ovulação e dificultando a passagem dos espermatozoides para o interior do útero.

Elas possuem uma eficácia de 99,8% quando utilizados de forma correta e regular, ou seja, é recomendado que seja tomada uma pílula por dia sempre no mesmo horário.

Veja na tabela abaixo algumas vantagens e desvantagens da pílula anticoncepcional.

VantagensDesvantagens
Pode reduzir o fluxo e dores relacionadas à menstruação.Pode causar efeitos colaterais.
Podem auxiliar no controle da acne.Pode causar alterações no ciclo menstrual.
Pode ser tomada por um tempo prolongado.Não protege contra DTS e AIDS.

Anticoncepcional Injetável

Anticoncepcional injetável
Anticoncepcional injetável

O anticoncepcional injetável é semelhante à pílula e consiste na aplicação de uma solução oleosa que libera a mesma quantidade diária de hormônios que a pílula. Pode ser aplicada de forma mensal ou uma a cada três meses.

Não interfere com a menstruação, que ocorre normalmente. É mais prático que a pílula, pois não é preciso administrá-lo diariamente, além de causar menos efeitos colaterais. É um dos métodos contraceptivos com maior índice de eficácia.

Confira na tabela abaixo algumas vantagens e desvantagens do anticoncepcional injetável.

VantagensDesvantagens
Não exige controle diário ou semanal.Pode causar aumento de peso e incômodo abdominal.
Pode reduzir o fluxo e as dores relacionadas à menstruação.Deve ser aplicada por um profissional da saúde.
Apresenta tempo de duração maior.O retorno da fertilidade, após encerramento do uso pode demorar até 1 ano.

Adesivo anticoncepcional

Adesivo anticoncepcional
Adesivo anticoncepcional

O contraceptivo em forma de adesivo é semelhante a um esparadrapo, sendo aplicado na pele para que ocorra a liberação dos hormônios, que acontece de forma contínua.

O tempo de duração do adesivo é de uma semana, devendo ser substituído durante 3 semanas, atingindo assim, 21 dias. Assim como a pílula, a orientação é que seja feita uma pausa de uma semana para que o processo seja iniciado.

Confira na tabela a seguir algumas vantagens e desvantagens do adesivo anticoncepcional.

VantagensDesvantagens
Tem alto índice de efetividade.É visível e pode descolar da pele e cair.
Não exige controle diário.Exige controle do número de semanas em que foi utilizado.
Não interfere na vida sexual.Pode causar irritação na pele.

Dispositivo intrauterino (DIU)

O DIU é método contraceptivo do tipo mecânico e pode ser de cobre ou hormonal (SIU).

DIU de cobre

DIU de cobre
DIU de cobre

O DIU de cobre possui uma estrutura metálica com ação espermicida intrauterina, impedindo que o espermatozoide alcance o óvulo e apresentando uma eficácia contra a gravidez de 99,6%.

Inserido dentro do útero por um profissional da saúde, o DIU de cobre libera íons de cobre que imobilizam o esperma que chega próximo do útero.

Veja na tabela abaixo algumas vantagens e desvantagens do DIU de cobre.

VantagensDesvantagens
Pode permanecer até 10 anos, podendo ser retirado a qualquer momento.Pode aumentar o fluxo menstrual.
Pode ser utilizado no período de amamentação.Pode causar infecção ou perfuração do útero.
A fertilidade é retomada de forma rápida após a retirada.Pode causar cólicas e/ou sangramentos irregulares.

DIU hormonal

DIU hormonal
DIU hormonal

O DIU hormonal (SIU) apresenta material macio e formato de T que possui um reservatório de hormônios, sendo estes liberados em doses baixas no útero.

Apresentando alto índice de eficácia, é importante verificar com um profissional da saúde qual método é o mais adequado para o perfil apresentado.

Veja na tabela abaixo algumas vantagens e desvantagens do DIU hormonal.

VantagensDesvantagens
Pode permanecer no útero por até 5 anos, com a possibilidade de remoção a qualquer momento.Pode ocorrer sangramento irregular no período de adaptação.
Pode reduzir o fluxo menstrual.Pode causar cólicas.
Não interfere na relação sexual.Em alguns casos aumenta a sensibilidade e acne.

Diafragma

Diafragma
Diafragma

O diafragma é um método de barreira móvel, que pode ser colocado e retirado da vagina e consiste em uma estrutura de látex combinada com gel espermicida. É preciso consulta médica para verificação do tamanho a ser utilizado.

Deve ser colocada duas horas antes da relação sexual e retirada após 4 a 6 horas, sendo necessário ser lavado com água e sabão após o uso e sua durabilidade é de cerca de 2 anos.

Livre de hormônios e com baixo custo, o diafragma não apresenta um alto índice de eficácia, por isso, a recomendação do uso combinado com espermicida.

Confira na tabela a seguir algumas vantagens e desvantagens do diafragma.

VantagensDesvantagens
Pode ser utilizado somente quando precisar.Exige controle do número de horas de uso.
É livre de hormônios.Requer uso combinado de espermicida para aumentar a eficácia.
Não é afetado por outras medicações.Pode causar irritação, reação alérgica e infecção no trato urinário.

Anel vaginal

Anel Vaginal
Anel vaginal

O anel vaginal é um método hormonal que possui uma formulação semelhante à da pílula anticoncepcional, tendo aparência semelhante a uma pulseira, é flexível e transparente.

É introduzido na vagina e acomodado no colo do útero no 5º dia de menstruação, onde permanece por 3 semanas liberando hormônios que evitam a liberação dos óvulos.

Veja na tabela abaixo algumas vantagens e desvantagens do anel vaginal.

VantagensDesvantagens
Alto índice de eficácia.Pode causar desconforto e irritação.
Não exige controle diário.Pode causar alteração do peso.
Não interfere na vida sexual.Pode causar dores de cabeça e alterações de humor.

Espermicida

Espermicida
Espermicida

O espermicida é um considerado um complemento contraceptivo, o qual deve ser utilizado de forma conjunta com outros métodos, como com o diafragma e preservativo. Sua principal ação é criar um ambiente que dificulte a motilidade do esperma.

São comercializados em diferentes formatos, podendo ser em creme, gel e até espumas. Devem ser inseridos na vagina 5 a 90 minutos antes da relação sexual e, após o ato, é preciso aguardar no mínimo 6 horas para higienização.

Confira na tabela a seguir algumas vantagens e desvantagens do uso do espermicida.

VantagensDesvantagens
É de fácil utilização.Se utilizado sozinho tem baixo índice de eficácia.
É livre de hormônios.Pode causar irritação, reação alérgica e infecção no trato urinário.
É de fácil obtenção.Exige controle de horas antes e depois da relação sexual.

Métodos Contraceptivos Definitivos

Os métodos contraceptivos definitivos consistem na esterilização permanente e pode ser realizado tanto nos homens quanto nas mulheres, impedindo assim, que os espermatozoides cheguem ao óvulo.

De acordo com a Lei do Planejamento Familiar, pessoas com mais de 25 anos e que tiverem pelo menos 2 filhos vivos, ou quando houver risco de vida para a mulher ou para bebê, podem usar os métodos contraceptivos definitivos.

Laqueadura

Laqueadura
Laqueadura

É a esterilização nas mulheres, que consiste na ligadura das trompas de Falópio.

É realizado um procedimento cirúrgico em que o médico utiliza um instrumento que bloqueia a passagem do espermatozoide até o óvulo. Em alguns casos é removido um pedaço da trompa.

Vasectomia

Vasectomia
Vasectomia

A vasectomia é a esterilização realizada no homem. Ela consiste no bloqueio dos ductos deferentes, responsáveis pelo transporte do esperma para outras glândulas, de modo que o sêmen não tenha mais espermatozoides.

A partir desse procedimento, considera-se que o organismo demore 3 meses para se livrar de todo espermatozoide.

Confira na tabela a seguir algumas vantagens e desvantagens do método contraceptivo permanente.

VantagensDesvantagens
Tem duração permanente.Não tem reversão.
É livre de hormônios.É um procedimento cirúrgico realizado por médico.
Não afeta o uso de outros medicamentos.Pode haver complicações pós-cirúrgicas.

Pílula do Dia Seguinte

Pílula do dia seguinte
Pílula do dia seguinte

A pílula anticoncepcional de emergência só deve ser usada excepcionalmente e nunca deve ser adotada como método contraceptivo usual.

Cada dose é composta por duas pílulas que devem ser ingeridas com intervalo de 12 horas. Elas concentram elevada dose hormonal (o equivalente a 8 pílulas anticoncepcionais de uso prolongado) que retarda a ovulação, dificultando assim a gestação.

O uso frequente da pílula do dia seguinte pode causar alterações no ciclo menstrual.

Confira na tabela abaixo algumas vantagens e desvantagens da pílula do dia seguinte.

VantagensDesvantagens
Maior índice de eficácia quando utilizada dentro do prazo de 12 horas após a relação sexual.Possui dose elevada de hormônios em uma única pílula.
Pode ser utilizada até 5 dias após a relação sexual sem uso de outro método contraceptivo.Pode alterar o ciclo menstrual.

Tabelinha

Tabelinha
Tabelinha

A tabelinha é um método contraceptivo natural que permite à mulher saber o seu período fértil, ou seja, o período do mês em que ela está ovulando e pode engravidar.

Ao adotar este método contraceptivo, a mulher opta por ter relações sexuais somente nos dias não férteis do ciclo menstrual. É um método que exige regularidade, pois em casos de erro a eficácia de uso chega a 76%.

Para utilizar esse método, é preciso registrar o primeiro dia da menstruação, em pelo menos seis meses para se ter conhecimento da duração do ciclo.

Considera-se que o ciclo menstrual tem início no 1º dia da menstruação e termina na véspera da menstruação seguinte.

É importante destacar que em adolescentes o ciclo menstrual sofre muitas alterações, mas a maioria dos ciclos tem entre 28 e 31 dias.

O período fértil corresponde à metade do ciclo, por exemplo se o seu ciclo é de 28 dias, o 14ª dia será o dia fértil, sendo que deve ser considerado dois dias antes e dois dias depois do dia fértil.

Veja a seguir as principais vantagens e desvantagens da tabelinha.

VantagensDesvantagens
É livre de hormônios.Exige um estilo de vida regrado.
Não tem efeitos colaterais.Não é confiável e apresenta alto índice de falhas.
Não interfere na fertilidade.Não protege contra doenças sexualmente transmissíveis.

Coito interrompido

Coito interrompido
Coito interrompido

O coito interrompido é um método com baixo índice de eficácia pois exige do casal autocontrole e experiência, especialmente do homem, que deve retirar o pênis da vagina antes da ejaculação, para que assim, o esperma não atinja o ovário. É importante destacar que antes da ejaculação pode ser liberado esperma.

Veja na tabela abaixo algumas vantagens e desvantagens do coito interrompido.

VantagensDesvantagens
Não interfere no uso de outros medicamentos.Não é confiável.
É livre de hormônios.Interrompe o sexo.

Leia também:

Juliana Diana
Licenciada em Ciências Biológicas pelas Faculdades Integradas de Ourinhos (FIO) em 2007. Pós-graduada em Informática na Educação pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) em 2010. Mestre em Gestão do Conhecimento pela UFSC em 2015.