Amebíase


A amebíase, também chamada de disenteria amebiana ou disenteria amébica, é uma doença parasitária causada por protozoário. O nome científico do agente causador da amebíase é Entamoeba histolytica.

Sua principal característica é a alteração das ações habituais do intestino, causando uma intensa diarreia e que pode vir acompanhada de sangue.

Qualquer pessoa, de qualquer faixa etária, pode adquirir esse parasita. O diagnóstico da doença pode ser feito pelo exame de fezes, endoscopia, proctoscopia ou tomografia computadorizada.

Ainda que seja menos comum, um exame de sangue pode detectar a presença de anticorpos contra o parasita.

Saiba mais sobre os Protozoários.

Transmissão

A transmissão da amebíase ocorre pela ingestão dos cistos da ameba encontrados na água ou em alimentos contaminados. Geralmente, os cistos causadores da amebíase são encontrados nas fezes dos infectados e no solo.

Ainda que seja raro, a doença pode ser transmitida pelo contato sexual sem proteção devida.

Observe que a maioria dos casos acontecem em países menos favorecidos, onde as condições de higiene são mais precárias, o que facilita a proliferação do protozoário.

Ciclo Biológico

AmebíaseCiclo Biológico do Parasita

O ciclo de vida do protozoário causador da amebíase começa quando o indivíduo ingere os cistos. Estes passam pelo estômago até chegarem no intestino delgado. Interessante notar que eles são muito resistentes, uma vez que sobrevivem aos ácidos estomacais.

Dali, migram para o intestino grosso, onde ficam aderidos à mucosa do intestino. Se alimentam de células intestinais, bactérias benéficas presentes nos intestinos e do bolo fecal, ao mesmo tempo em que vão criando colônias.

Importante ressaltar que o período de incubação do protozoário varia muito, ou seja, pode ser dias, meses ou anos.

Se não for tratada, a amebíase pode gerar úlceras intestinais. No pior dos casos, ela atinge outros órgãos do corpo humano, por exemplo, os pulmões, o fígado, o baço e até mesmo o cérebro.

Sintomas

Os principais sintomas da amebíase são:

  • Febre
  • Calafrios
  • Forte diarreia
  • Cólicas intestinais
  • Dor para evacuar
  • Excesso de gases
  • Sangue nas fezes
  • Náuseas e vômitos
  • Fraqueza

Tratamento

O tratamento da doença é feito pelo uso de medicamentos que combatem o protozoário, além dos sintomas como a febre, as náuseas, etc. Geralmente, duas semanas são suficientes para a recuperação da enfermidade.

Além disso, recomenda-se uma alimentação rica em nutrientes e ingestão de líquidos, por conta da desidratação causada pela diarreia excessiva.

Nos casos mais extremos, podem ser feitas cirurgias se os cistos atingirem outros órgãos.

Prevenção

A prevenção da amebíase começa com melhores condições de higiene e saneamento básico (tratamento de água e esgoto).

Portanto, é recomendado lavar bem as mãos antes das refeições e após usar o banheiro. Também deve-se higienizar bem os alimentos (frutas, verduras, legumes) antes de consumi-los. Além disso, especialistas recomendam a ingestão de água potável.

O uso de proteção (preservativos) nas relações sexuais oral-anal também é uma forma de se prevenir da amebíase.

Giardíase e Amebíase

Embora as duas doenças sejam causadas por protozoários e transmitidas pela água e alimentos contaminados, a giardíase é causada pelo protozoário flagelado Giardia lamblia.

Saiba mais sobre outras Doenças Causadas por Protozoários.