Golfo do México

O Golfo do México, conhecido como o “Mediterrâneo das Américas” é uma grande massa de água ou uma bacia oceânica rodeada por terra.

Localização do Golfo do México

Golfo do México

O Golfo do México está localizado entre a América do Norte e América Central e suas águas banham os seguintes países: Estados Unidos (norte) e os estados da Flórida, Alabama, Mississippi, Louisiana e Texas; México (oeste) e os estados de Tamaulipas, Veracruz, Tabasco, Campeche e Iucatã; e por fim, a ilha de Cuba (sudeste).

Características do Golfo do México

Considerado o maior golfo do mundo, o Golfo do México apresenta uma área aproximada de 1,5 milhões de km2 e um volume de 2.400 mil Km3. Ele recebe as águas do Oceano Atlântico pelo do Estreito da Flórida, e através do canal de Iucatã conecta-se com o mar do Caribe.

Muitos rios importantes desembocam na bacia, do qual merece destaque o rio Mississípi, um dos maiores dos Estados Unidos.

A corrente do golfo, uma das mais importantes e fortes correntes marítimas, é originada no Golfo do México, a qual leva águas quentes para zonas mais frias do globo.

Importância do Golfo do México

O Golfo do México tem uma atividade turística bem desenvolvida além do comércio marítimo o qual abriga diversos portos com intensa movimentação.

Além disso, a região do Golfo do México é rica em petróleo e banha diversas cidades importantes dos Estados Unidos (Nova Orleans, Houston, Pensacola, etc.) do México (Veracruz e Mérida) e de Cuba (Havana).

Desastre no Golfo do México

Golfo do México

Em abril de 2010 ocorreu um grande desastre ambiental referente ao vazamento de petróleo, considerado um dos piores da história.

A explosão da plataforma inglesa Deepwater Horizon, pertencente à petrolífera British Petroleum (BP), provocou um enorme vazamento no mar (cerca de 5 milhões de barris), além de ter acarretado na morte de 11 trabalhadores.

De tal maneira, o petróleo se espalhou numa região de cerca de 1500 km. Isso contaminou suas águas afetando diretamente o meio ambiente e o ecossistema marinho, o que resultou na mortandade de diversas espécies.

Além de ter afetado a atividade pesqueira, o turismo da região também foi prejudicado.

Veja também:

Atualizado em