Hematose


A hematose consiste na troca de gases respiratórios.

De modo geral, é a troca gasosa entre os organismos e o meio ambiente.

Onde ocorre a hematose?

De acordo com o local onde ocorre a hematose, a respiração aeróbia pode ser dos seguintes tipos:

Respiração aeróbia cutânea, quando a hematose ocorre no tegumento. Este tipo de respiração é característica de animais terrestres de ambientes úmidos. Nesse caso, denomina-se hematose tecidual.

Respiração aeróbia traqueal, quando a hematose ocorre nas traqueias. Acontece com os insetos.

Respiração aeróbia branquial, quando a hematose ocorre nas brânquias. É tipica da maioria dos animais aquáticos. Denomina-se hematose branquial.

E se ocorrer nos pulmões, denomina-se respiração aeróbia pulmonar, própria dos animais terrestres. Neste caso, a troca dos gases ocorre nos alvéolos pulmonares, sendo chamada de hematose pulmonar ou alveolar.

Como ocorre a hematose?

A hematose ocorre quando o ar, rico em oxigênio, proveniente da respiração chega aos alvéolos pulmonares.

Cada pulmão possui, aproximadamente, 150 milhões de alvéolos.

Os alvéolos são estruturas em forma de sacos, localizados ao final dos bronquíolos. São recobertos por capilares sanguíneos, nos quais o sangue circula bem próximo ao ar que foi inalado.

Ao chegar aos alvéolos, o oxigênio difunde-se para o sangue dos capilares. Enquanto, o gás carbônico, presente no sangue dos capilares difunde-se para o interior dos alvéolos.

Assim, a hematose ocorre devido à difusão do gás oxigênio do ar dos alvéolos para o sangue dos capilares. E o mesmo ocorre com o gás carbônico, porém, no sentido inverso.

  • O sangue que sai dos pulmões é rico em oxigênio, sendo chamado de sangue arterial.
  • O sangue que chega aos pulmões é rico em gás carbônico, sendo denominado de sangue venoso.

Quando o gás oxigênio passa para o sangue penetra nas hemácias, onde liga-se com a hemoglobina e forma a oxi-hemoglobina. Nesta forma, o gás oxigênio passa por todo o corpo e chega aos capilares sanguíneos dos tecidos.

Nos tecidos, o O2 dissocia-se da oxiemoglobina e difunde-se no fluido que banha as células.

O processo de hematose

O processo de hematose nos alvéolos pulmonares. A troca de gases com os capilares sanguíneos.

As células utilizam o O2 para a respiração celular. Durante esse processo, são originadas moléculas de gás carbônico que difundem-se para o fluido que banha as células e são absorvidas pelas capilares sanguíneos.

A partir daí, o CO2 pode permanecer no plasma ou associa-se a hemoglobina.

Entretanto, a maior parte do CO2 reage com a água no interior das hemácias e forma ácido carbônico (H2CO3), que se dissocia em íons H+ e íons bicarbonato (HCO3-).

Os íons bicarbonato são essenciais para controlar a acidez sanguínea.

Qual a importância da hematose?

  • Garante a oxigenação dos tecidos;
  • Permite a realização da respiração celular;
  • Produz o íons bicarbonato que controlam a acidez do sangue.

Saiba mais sobre o Sistema Respiratório.