Diferença entre língua e linguagem: entenda de uma vez!

Márcia Fernandes

Linguagem é toda forma que o ser humano usa para se comunicar. A linguagem inclui a língua que, por sua vez, é um sistema convencionado pelos homens e utilizados por grupos.

Um desses sistemas convencionados é a Gramática, ou seja, as regras que estabelecem o uso de uma língua.

Exemplos:

Exemplos de linguagem
A dança, as placas sinalizadoras e o semáforo são exemplos de linguagem
Jovens se comunicando em Libras
A Língua Brasileira de Sinais (Libras) é uma língua oficial, tal como as línguas portuguesa e espanhola, por exemplo

Portanto, a diferença entre língua e linguagem é:

  • A língua é um conjunto organizado de elementos desenvolvido pelos humanos e comum a um grupo. Por exemplo: pessoas que falam francês ou aquelas que aprenderam a se comunicar em Libras.
  • A linguagem, por sua vez, é qualquer forma de expressão. Por exemplo: dança, imagem, música.

Tipos de Linguagem

Já deu para perceber que existem diferente tipos de linguagem, não é? Para você ficar craque no assunto, vamos explicar cada um deles. Confira!

Linguagem verbal e não-verbal

A linguagem verbal é aquela que utiliza palavras para transmitir uma mensagem.

Exemplo:

Pessoa escrevendo carta
A carta é um exemplo de linguagem verbal

A linguagem não-verbal é aquela que utiliza imagens, sinais, gestos, entre outros para transmitir uma mensagem.

Exemplo:

Guernica
As pinturas são exemplos de linguagem não-verbal. Na imagem, Guernica (1937), de Pablo Picasso

Linguagem Mista

A linguagem mista, por sua vez, é uma combinação das linguagens verbal e não-verbal, ou seja, além de palavras, ela faz uso de recursos visuais.

Exemplo:

Charge
As charges combinam imagens e palavras, por isso são exemplos de linguagem mista

O que é fala?

A fala, por sua vez, é uma linguagem oral que, além disso, recorre à língua para se manifestar. Por exemplo, as pessoas falam português, inglês, espanhol, entre tantas outras línguas.

Conforme o contexto dos seus falantes, surgem diferentes níveis da fala:

  • Fala coloquial: utilizada em situações informais, logo, comum no dia a dia dos falantes, cujo vocabulário pode ser mais simples e marcado por gírias.
  • Fala culta: utilizada em situações formais, o vocabulário é mais polido.

Não pare por aqui! Tem mais textos muito úteis para você:

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora, pesquisadora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos.