Manet


Édouard Manet (1832-1883) foi um polêmico pintor francês. Apesar de ser o maior representante do impressionismo, foi alvo de muitas críticas e teve muitas obras recusadas para participar no Salão Oficial de Paris, o qual recebia as obras de arte após serem selecionadas por um júri da Academia.

Retrato do pintor Édouard Manet

Retrato de Édouard Manet

Foi o que aconteceu pela primeira vez em 1859 com a pintura O Bebedor de Absinto, que foi recusada em virtude da sua ousadia. Isso porque Manet havia rompido com a tradição e dado mostras da sua modernidade.

Assim, Manet não é só o pioneiro do impressionismo, mas da pintura moderna.

Somente dois anos depois, em 1861, o pintor conseguiu que uma obra sua fosse exposta na exposição anual de obras de arte realizada em Paris. Nesse ano, na verdade, o Salão contou com duas obras de Manet, O Cantor Espanhol e Retrato de Sr. e Sra. Auguste Manet.

Importa referir que ambas traziam traços do realismo tradicional.

Em 1863, Almoço na Relva desagradou os juízes da exposição em decorrência do erotismo presente na obra. Por isso, foi exposto no Salão dos Recusados, que era a exposição para onde iam as obras que não eram aceitas no Salão Oficial.

Em 1865 foi a vez de Olympia ser recusada por razões semelhantes. O Tocador de Pífano, em 1866, também foi recusada.

Depois de tantas recusas, Manet decide organizar ele próprio uma exposição, tendo dela surgido uma pintura considerada uma obra-prima, Execução de Maximiliano.

Somente a partir de 1881 todas as suas obras puderam ser exibidas no Salão Oficial de Paris.

Manet nasceu numa família burguesa, onde era o primogênito, no dia 23 de janeiro de 1832 em Paris. Portador de sífilis, morreu também em Paris no dia 30 de abril de 1883. Tinha 51 anos.

Principais Obras

  • O Bebedor de Absinto (1859)
  • O Cantor Espanhol (1860)
  • Retrato de Sr. e Sra. Auguste Manet (1860)
  • A Ninfa Surpresa (1861)
  • Lola de Valência (1862)
  • Música nas Tulheiras (1862)
  • O Almoço na Relva (1863)
  • Olympia (1863)
  • O Homem Morto (1864)
  • O Tocador de Pífano (1866)
  • A Execução de Maximiliano (1868)
  • Retrato de Émile Zola (1868)
  • Autorretrato com Paleta (1879)
  • A Primavera (1881)

O Bebedor de Absinto

O Bebedor de Absinto

Características das Obras

Manet era impressionista, mas as suas obras carregam algumas características do Realismo.

Utilizava cores fortes e nas suas obras contemplava o efeito das sombras.

No que respeita aos temas, Manet retrata a vida da sua época de forma pouco convencional.

Leia também: