Arte Moderna

Márcia Fernandes

A Arte Moderna é o conjunto de expressões artísticas dos séculos XIX e XX. Ela abrange especialmente a arquitetura, a escultura, a literatura e a pintura.

No Brasil, esse período teve início com a Semana da Arte Moderna que ocorreu em 1922 na cidade de São Paulo.

Arte Moderna
Exemplo de Arte Moderna

Principais Características

A arte moderna tem como principal característica o rompimento com padrões. Assim, esse movimento representou uma revolução estética sendo um marco no campo artístico.

Essa expressão artística transformou radicalmente o campo das artes ao quebrar com formalismos, inclusivamente atingindo estruturas gramaticais no campo literário.

São suas principais características:

  • Rejeição ao academicismo;
  • Informalidade;
  • Valorização da identidade cotidiana e da identidade brasileira;
  • Liberdade de expressão;
  • Pontuação relativa;
  • Aproximação da linguagem popular e coloquial;
  • Figuras deformadas e cenas sem lógica;
  • Urbanismo;
  • Humor, irreverência;
  • Versos livres;
  • Nacionalismo numa perspectiva crítica ao passado;
  • Estranhamento.

Principais Artistas

Contagiados pelas vanguardas europeias, os artistas desenvolveram a sua arte. No entanto, foram alvo de críticas dado o choque causado no público. Muitos se sentiram ofendidos com a nova proposta.

Os principais artistas da arte moderna foram:

  • Na Literatura: Mário de Andrade (1893-1945), Oswald de Andrade (1890-1954), Menotti Del Picchia (1892-1988), Plínio Salgado (1895-1975), Sérgio Milliet (1898-1966).
  • Na Pintura e no Desenho: Anita Malfatti (1889-1964), John Graz (1891-1980), Oswaldo Goeldi (1895-1961), Yan de Almeida Prado (1898-1991).
  • Na Escultura: Hildegardo Leão Velloso (1899-1966), Victor Brecheret (1894-1955) e Wilhelm Haarberg (1891-1986).
  • Na Arquitetura: Georg Przyrembel (1885-1956).

Leia também:

Principais Movimentos Modernos

Com o objetivo de criar uma nova tendência artística, surgiram diversos movimentos, dentre os quais destacamos:

Cubismo

As damas d'Avignon
Les Demoiselles d'Avignon (1907) de Pablo Picasso

Pode ser considerado o primeiro movimento artístico a se caracterizar pela incorporação do imaginário urbano industrial em suas obras.

Caracterizava-se, especialmente, pela geometrização das formas, modeladas basicamente por cubos e cilindros.

Concretismo

Sem título, obra de Luiz Sacilotto
Sem título, (1950) de Luiz Sacilotto

O Concretismo foi um movimento de vanguarda que visava a criação de uma nova linguagem.

Assim, na literatura tinha como característica central a valorização do conteúdo visual e sonoro. Já nas artes plásticas destacou-se pelo uso de formas abstratas.

Expressionismo

O Grito de Edvard Munch
O Grito (1893) de Edvard Munch

Esse movimento artístico está entre os primeiros representantes das vanguardas históricas e talvez, o primeiro a focar em aspectos subjetivos.

Sua principal característica é a expressão dos sentimentos e das emoções.

Futurismo

Carga dos Lanceiros de Umberto Boccioni
Carga dos Lanceiros (1915) de Umberto Boccioni

O Futurismo influenciou artistas brasileiros como Anita Malfatti e Oswald de Andrade. Caracterizava-se pela valorização do industrialismo da velocidade e da tecnologia.

Impressionismo

Moça no Trigal de Eliseu Visconti
Moça no Trigal (1916) de Eliseu Visconti

Essa tendência artística francesa, com ênfase na pintura, destacava-se pelos efeitos visuais das suas obras.

Com temas cotidianos, o colorido e a luminosidade transmitida resultava numa comoção visual.

Surrealismo

A persistência da memória de Salvador Dali
A Persistência da Memória (1931) de Salvador Dali

Essa vanguarda europeia surgiu como reação ao racionalismo e materialismo da sociedade ocidental.

Valorizava a fantasia, a loucura e o impulso do artista. No Brasil, Oswald de Andrade foi um dos maiores expoentes.

Leia mais:

Márcia Fernandes
Márcia Fernandes
Professora, pesquisadora, produtora e gestora de conteúdos on-line. Licenciada em Letras pela Universidade Católica de Santos.