Abstracionismo

Daniela Diana

O “Abstracionismo” ou “Arte Abstrata” é um estilo artístico moderno das artes visuais que priorizam as formas abstratas em detrimento dos objetos e/ou figuras que representam algo da nossa própria realidade.

Dessa forma, podemos dizer que a arte abstrata ou o abstracionismo é uma obra “não representacional”, ao contrário da arte figurativa, expressa por meio de figuras que imitam a natureza.

Abstracionismo
Exemplo de Arte Abstrata

O pintor russo Kandinsky é considerado o precursor da arte abstrata com suas obras representativas “Primeira Aquarela Abstrata” (1910) e a série Improvisações” (1909/1914).

Principais Características

As principais características do abstracionismo são:

  • Arte não representacional
  • Arte subjetiva e destituída de conteúdo
  • Oposição ao modelo renascentista, à arte figurativa e/ou naturalista
  • Uso de formas simples, cores e linhas

Origem do Abstracionismo

A origem do abstracionismo está intimamente relacionada com as vanguardas artísticas europeias do século XX. Elas representaram movimentos de ruptura artística, sobretudo, com os moldes renascentistas, tradicionalistas e academicistas, pautados no modelo da arte greco-romana, onde o conceito de “belo” é sua principal caraterística.

Por outro lado, o abstracionismo, caracterizado pela “não representação”, buscou apresentar um novo estilo de arte, totalmente contra o modelo até então conhecido.

Movimentos como o surrealismo, cubismo, dadaísmo, expressionismo e o futurismo buscaram o rompimento com os antigos valores estéticos, propondo assim, novas formas de fruição artística, o que na época foi recebida com certa desconfiança por grande parte da população.

Abstracionismo no Brasil

Mesmo assim, a proposta das vanguardas despertou e inaugurou novas formas estéticas, as quais atravessaram fronteiras, de forma que no Brasil influenciaram a estética modernista, a partir da década de 40.

Dentre os maiores representantes da arte abstrata no Brasil estão:

  • Alfredo Volpi (1896-1988)
  • Ivan Serpa (1923-1973)
  • Cícero Dias (1907-2003)
  • Luiz Sacilotto (1924-2003)
  • Antônio Bandeira (1922-1967)
  • Manabu Mabe (1924-1997)
  • Tomie Ohtake (1913-2015)
  • Lygia Clark (1920-1988)
  • Hélio Oiticica (1937-1980)
  • Iberê Camargo (1914-1994)

Vertentes do Abstracionismo

Segundo suas características formais, existem duas vertentes do abstracionismo, a saber:

Abstracionismo Expressivo

Também chamado de "Abstracionismo Informal ou Lírico", essa vertente foi influenciada pelo expressionismo e fauvismo sendo suas principais características o sentimentalismo, a intuição e maior liberdade artística.

O maior representante dessa vertente foi, sem dúvida, o artista russo, Kandinsky.

Abstracionismo Geométrico

Influenciada pelo cubismo e o futurismo, essa vertente está pautada na geometria das formas e no racionalismo.

O maior representante dessa tendência foi o pintor holandês Mondrian.

Principais Artistas

Os maiores representantes do abstracionismo foram:

  • Wassily Kandinsky (1866-1944): artista plástico russo
  • Piet Mondrian (1872-1944): pintor neerlandês
  • Paul Klee (1879-1940): artista suíço
  • Willem de Kooning (1904-1997): pintor neerlandês
  • Kasimir Malevich (1879-1935): pintor ucraniano
  • Robert Delaunay (1885-1941): artista francês
  • Hans Hartung (1904-1989): pintor alemão
  • Pierre Soulages (1919): pintor e escultor francês
  • Jean Fautrier (1898-1964): pintor e escultor francês
  • Jean Dubuffet (1901-1985): pintor francês
  • Antoni Tàpies (1923-2012): pintor catalão
  • Jackson Pollock (1912-1956): pintor estadunidense

Curiosidade

Ainda que o abstracionismo tenha ganhado força no século XX, a arte abstrata já existia desde a pré-história.

Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.