Expressionismo Abstrato

Daniela Diana

O Expressionismo Abstrato,também chamado de “Escola de Nova York”, corresponde a um movimento de vanguarda artística. Ele surgiu nos Estados Unidos, em Nova York, na década de 40.

Esse movimento uniu aspectos da vanguarda expressionista alemã e da corrente abstracionista criando dessa maneira, uma nova tendência de caráter simbólico e expressivo.

Expressionismo Abstrato
Obra de Jackson Pollock, Museu de Arte Moderna, Nova York, Estados Unidos

Origem

O expressionismo abstrato tem origem no período denominado de pós-guerra, (após a segunda guerra mundial), numa época conturbada, de afirmação de valores.

O expressionismo abstrato e a arte “verdadeiramente estadunidense” surge para oferecer um novo enfoque artístico-cultural, sobretudo, nos aspectos contra o sistema formal da pintura.

O expressionismo abstrato atingiu influência mundial, e, nesse momento, Nova York passa a ser um dos mais importantes centros de arte do mundo, que até então era a França (Paris).

O termo “Expressionismo Abstrato” já tinha sido usado na década de 20 para identificar pinturas do artista russo Wassily Kandinsky (1866-1944).

Mais tarde foi utilizado pelo escritor, filósofo e crítico estadunidense Harold Rosemberg (1906-1978). O termo apareceu em seu artigo “Artistas americanos do Action Painting”, publicado em 1952 no jornal “Art News”.

Foi assim que muitos artistas dessa corrente inovadora romperam com a arte tradicional de cavalete. Focaram na criação artística nas emoções e expressões humanas, tal qual Jackson Pollock, um dos maiores representantes do expressionismo abstrato norte-americano.

Pollock trabalhava com uma técnica que ficou conhecida como “Action Painting” (Pintura de Ação).

Ele colocava imensas telas no chão e sem objetivo prévio e com movimentos bruscos do pincel ou outros objetos (talheres, varas, areia, etc.), a tinta era lançada na tela privilegiando assim, a espontaneidade artística.

A partir dessa relação corporal do artista com a pintura, essas obras gestualísticas (arte performática) dependiam completamente dos movimentos e atuação do autor.

Outro estilo utilizado por alguns artistas dessa corrente, foi chamada de “Color Field Painting” (Pintura do campo de cor).

Ao contrário do “Action Painting”, ele privilegiava a objetividade das cores nas telas, ao utilizar padrões geométricos mais simples.

Um dos maiores representantes desse estilo foi o pintor estadunidense, nascido na Letônia, Mark Rothko.

Entenda mais sobre os temas:

Principais Caraterísticas

As principais características do expressionismo abstrato são:

  • Influência do existencialismo e da psicanálise
  • Influência das vanguardas artísticas europeias (surrealismo, cubismo e futurismo)
  • Rompimento com a pintura tradicional
  • Liberdade artística, subjetivismo, improvisação e espontaneidade
  • Subconsciente e pintura automática
  • Uso de formas geométricas, linhas e cores

Leia também: Vanguardas Europeias.

Principais Artistas

Os maiores representantes do movimento expressionista abstrato foram:

  • Arshile Gorky (1904-1948): pintor armênio.
  • Jackson Pollock (1912-1956): pintor estadunidense.
  • Mark Rothko (1903-1970): pintor letão.
  • Adolph Gottlieb (1903-1974): pintor e escultor estadunidense.
  • Willem de Kooning (1904-1997): pintor neerlandês.
  • Philip Guston (1913-1980): pintor canadense.
  • Clifford Still (1904-1980): pintor estadunidense.
Daniela Diana
Daniela Diana
Licenciada em Letras pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) em 2008 e Bacharelada em Produção Cultural pela Universidade Federal Fluminense (UFF) em 2014. Amante das letras, artes e culturas, desde 2012 trabalha com produção e gestão de conteúdos on-line.